quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Apagão analógico em Aveiro, Braga, Guarda, Porto, Vila Real e Viseu

Teve lugar ás 11 horas de hoje o desligamento do emissor analógico de televisão em São Macário, marcando o fim da primeira fase da migração para a TDT da faixa litoral de Portugal Continental. Este switch off afecta os distritos de Aveiro, Braga, Guarda, Porto, Vila Real e Viseu, num total de 3,1 milhões de pessoas e 1,1 milhões de famílias, segundo a Anacom. O "apagão" não será total nestes distritos, pois alguns dos principais emissores (Lousã, Monte da Virgem e Marão) continuam activos até ao dia 26 de Abril.

Para além do emissor de São Macário, serão desligados a partir de hoje, vários retransmissores: Préstimo, Viseu, Cedrim, Vouzela, Vale de Cambra, Covas do Monte, Santa Maria da Feira, Arouca, Rio Arda, Lalim, Vila Nova de Gaia, Foz, Valongo, Santo Tirso, Caldas de Vizela, Caldas de Vizela II, Amarante, Gondar, São Domingos, Ancede, Caldas de Aregos, Resende, Lamego e Santa Marta de Penaguião. Para a maioria das localidades servidas por este emissor e retransmissores, continuarem a receber televisão terrestre, agora só através da Televisão Digital Terrestre (TDT). No entanto, várias localidades terão que recorrer à recepção via satélite (TDT Complementar), pois há várias zonas de sombra onde o sinal da TDT não chega.

Os próximos desligamentos terão lugar a 22 de Março nos Açores e na Madeira.

O "apagão" final no Continente começará a 26 de Abril, quando está previsto o desligamento dos restantes emissores e retransmissores. Nessa data serão desligados os emissores da Lousã, Monte da Virgem, Montejunto, Marão, São Miguel, Mendro, São Mamede, Gardunha, Mosteiro, Marofa, Bornes, Bragança – Nogueira, Leiranco, Muro, Valença. Nos dias seguintes serão progressivamente desligados os restantes retransmissores.


Posts relacionados:
TDT: Emissores e Mapas de cobertura
TDT: problemas de recepção, antenas, etc
Apagão analógico em Coimbra, Leiria e Santarém
Apagão analógico em Lisboa afecta 2 milhões de pessoas
PRIMEIRO APAGÃO ANALÓGICO É HOJE - para que tudo fique na mesma…
Falta de cobertura atrasa migração para a TDT
APAGÃO ADIADO EM VÁRIOS PONTOS DO PAÍS!
TDT via satélite

19 comentários:

Yagi disse...

Os retransmissores de Vale de Cambra da RTP1, RTP2 e SIC foram desligados às 11 horas. O retransmissor da TVI foi desligado minutos antes da hora prevista. Á hora que escrevo este comentário (11:25) as emissões continuam desligadas, não é exibida a habitual mensagem (slide) de fim das emissões analógicas.

Carlos Ferreira disse...

O Canal 5 VHF que transmitia a RTP1 pelo emissor de Valongo foi directamente desligado, sem exibir qualquer mensagem. Porém os canais 23 e 32 (RTP1 e SIC) exibem a mensagem do cessar das emissões analógicas.

t0nito disse...

O retransmissor de Cedrim foi desligado às 11:55 sem a exibição da imagem do fim da emissão deixando centenas de pessoas sem televisão terrestre por falta de cobertura...

Yagi disse...

Mais de 2h45 após o desligamento, os retransmissores de Vale de Cambra continuam sem exibir a mensagem de informação às populações. Cedrim foi desligado cerca de uma hora depois e Préstimo alguns minutos mais tarde e continuam também sem a mensagem informativa. Muitas pessoas menos informadas irão pensar que o televisor avariou.

Jose Luis disse...

''Muitas pessoas menos informadas irão pensar que o televisor avariou.''

É assim que as coisas funcionam na PT com a bênção da ANACOM

Anónimo disse...

É da forma que podem dizer que receberam poucas chamadas na linha de apoio.. nem deixam a indicação no ecrã...

Yagi disse...

Pelo menos Vale de Cambra, Cedrim e Préstimo foram pura e simplesmente desligados. Presumo que já não retomem a emissão com a mensagem informativa. É uma falta de consideração pelos telespectadores.

Nuno disse...

Ainda me lembro do comentário por parte da ANACOM que o que os preocupava era as pessoas que não sabiam o que fazer para reclamar...

Sergitec disse...

Estou mais ou menos a 40 Km do monte da virgem e cá em casa os canais continuam a dar na mesma normalmente sem aparelhos tdt, fiz uma pesquisa com a tv e ainda apanha muitos canais apesar de dar mais mal, e aparecem alguns com a tal mensagem a dizer que finalizaram as emissões!
Felizmente para mim só vou precisar de mudar para o dia 26 de Abril.
Ou será que ainda não desligaram todos, eu acho que a antena não esta virada para o monte da virgem, esta mais para o lado, por isso não sei se vou ter ate Abril ou não.

EDUARDO disse...

Alguém sabe a onde está lista com todos os emissores que estão em funcionamento? No site da tdt, depois de muita procura,lá encontrei. Diz que tem 182 emissores em funcinamento. Contudo, no mapa de cobertura tem lá a indicação de emissores em funcionamento que não estão na lista dos 182. O mais interessante é que existe um emissor que deve ter entrado em funcionamento à poucos dias mas zona sombra no mapa continua. Por fim, acho que já descobri mais um emissor, mas não tenho a certeza. Ele tem todas caracteristicas e esta lá á poucos dias, só que não emite sinal. SE for, aviso.

Yagi disse...

Como se informa no post os retransmissores serão desligados progressivamente. Nem todos serão afectados para já, depende de que emissores ou retransmissores recebem sinal. Por exemplo, o emissor do Muro só é desligado a 26 de Abril e abrange uma área muito vasta. O Monte da Virgem (C09, C41, C52, C44) também só será desligado a 26 de Abril, como é informado há muito aqui no blogue.

Yagi disse...

A lista oficial com os emissores em funcionamento está disponível aqui no blogue. Os emissores mais recentes estão listados cronológicamente na página de emissores.
EMISSORES/MAPAS/FREQUÊNCIAS

David disse...

Na cidade do Peso da Régua tanto o retransmissor São Domingos como o retransmissor de Lamego foram desligados sem deixarem qualquer mensagem informativa referente ao desligamento.

Há aqui uma falha notória na divulgação da informação.

Yagi quem são os responsáveis pela esta negligência?

Yagi disse...

A responsabilidade por não ser emitida a informação de cessação das emissões analógicas em alguns retransmissores não sei a quem pode ser imputada. Mas não conheço qualquer imposição ou orientação da Anacom no sentido de obrigar a PT a colocar no ar a mensagem em vez de simplesmente desligar os emissores e retransmissores.

Se não houver regras nesse sentido a cumprir, a PT pode adoptar o procedimento que bem entender, embora o bom senso recomende que as emissões não sejam simplesmente cortadas sem qualquer mensagem de informação às populações afectadas. Esta situação é provávelmente causada por mais uma falha da Anacom que não terá acautelado a situação.

Miguel disse...

Do que me tenho apercebido, só nos emissores é que essa mensagem fica no ar depois do desligamento. Nos retransmissores não.

David disse...

Ola Yagi,

Mais uma vez nunca nos devemos esquecer do verdadeiro serviço público que é o teu blog.

Mais uma vez agradeço pela tua informação.

No entanto parece-me claro que a minha cidade ficou certamente esquecida. Se em outros apagões foram deixadas mensagens informativas no ar, não percebo esta diferenciação que é, no mínimo, injusta. Afinal haverão aqui populações de algumas aldeias servidas por estes retransmissores que certamente pensaram, como já foi dito aqui, que o televisor avariou depois do apagão.

Por outro lado, devo dizer, que foi uma surpresa saber e constatar que estes retransmissores seriam desligados na 1ª fase. Eu só soube uns dias antes do desligamento aqui no teu blog.
Não sabia que a Régua fazia parte da faixa litoral. Estava mesmo convencido que os retransmissores só eram desligados em Abril.

Por último, discordo de um comentário que foi dito por alguém a dizer que a informação sobre os desligamentos estava no site da ANACOM.
Para mim o site da ANACOM é uma trapalhada pegada. Aliás, parece-me que algumas pessoas aqui se esquecem que a divulgação foi coisa que pouco ou nada funcionou em toda a história da TDT portuguesa. A divulgação foi escassa e deveriam de ter sido os canais de televisão (RTP, SIC e TVI) a dedicarem tempo de antena para esta questão. Mas alguém fica a perceber o que é a TDT quando fala o Pedro Granger sobre a TDT? Sei que este assunto já foi discutido mas acreditem que, mesmo um bloguista como eu e que sempre esteve atento a esta questão, fui apanhado de surpresa por este desligamento.
Agora imaginem aqueles um pouco menos informados do que eu?

Eu ainda me lembro no dia anterior ao primeiro apagão da 1ª fase (penso que foi o de Palmela) que a TVI passou APENAS em rodapé (durante uma das suas novelas) que as populações servidas pelo emissor de Palmela só iam ter a TDT para continuar a ver a sua emissão (algo do género) e que, para mais informações, que deveriam de ligar para a PT através do 800xxx ou o seu site. E apenas isso... Uma mensagem "muito" esclarecedora. E claro, sem necessidade de alterar a sua programação, até porque o país, diga-se, está bem informado, certo? RTP e SIC idem...

É o que temos...

Fica aqui o meu testemunho e só me resta dizer:
Volta Televisão analógica que estás perdoada.


R.I.P. TDT

Anónimo disse...

Apesar do emissor de Valongo ter sido desligado e aparecer a mensagem a indicar para mudar para a tdt, continuo a receber a receber outros sinais analógicos provavelmente de outros emissores (Monte da Virgem?), embora a minha antena esteja unicamente virada para o emissor de Valongo.

David Silva disse...

Não sei se é do conhecimento geral, mas na última semana (a temperatura subiu bastante) na zona norte de Aveiro, tornou-se difícil receber o TDT em condições. Em casa de dois familiares meus todos os dias ao fim da tarde e parte da noite a imagem começava a parar e desaparecia. Estamos a falar de instalações novas com antenas novas e num caso de um amplificador de sinal. Foram feitas reclamações à PT e ANACOM mas nada aconteceu. Disseram na PT para desligar o amplificador porque este bloqueia o sinal TDT (como ?????). Já tentei mudar a antena de direcção, tirar amplificador, mas o problema persiste. Conheço uma serie de casos destes em Ovar, Oliveira de Azemeis, Furadouro, Ílhavo, Cacia. Muitas destas pessoas são idosos que não sabem o que fazer. Alguns passaram a ouvir rádio (o meu sogro). Que raio de país é este que impõe esta violência social sobre uma classe já de si marginalizada e desfavorecida. O problema é que ninguém divulga estes factos. Tenho esperança que pelo menos este blog possa fazer eco desta atrocidade.

Yagi disse...

Já foram dedicados vários posts a questões TÉCNICAS relacionadas com a recepção da TDT, por exemplo:
PROBLEMAS DE RECEPÇÃO, ANTENAS, ETC
Falhas na recepção da TDT têm origens múltiplas