sábado, 2 de janeiro de 2010

TDT - O que correu mal?

Um novo ano começa e com ele renasce a esperança de que a televisão digital terrestre se torne finalmente acessível a todos os portugueses. Muitos aguardavam que 2009 fosse o ano da TDT em Portugal. Contudo, mais de um ano após o inicio das primeiras emissões, a introdução da televisão digital terrestre tem passado ao lado da maioria dos portugueses.

O que tem corrido mal? Na minha opinião, quase tudo!

Divulgação
É caso para dizer - Qual divulgação? Apesar do sinal oficialmente já estar disponível para mais de 65% da população (deverá nos próximos dias ser anunciada a cobertura de +80% da população), com excepção da internet e algumas notícias nos jornais, a divulgação da nova televisão ainda não começou verdadeiramente.

Oferta de canais gratuitos
A oferta de canais de acesso livre prometia pouco, mas ainda assim conseguiu desapontar! O canal em Alta Definição com programação dos canais públicos e privados (RTP, SIC e TVI) continua no papel. O avanço do Quinto Canal de televisão generalista continua bloqueado por disputas legais.

Oferta de canais a pagar
Depois de um concurso polémico, que a PT venceu, está contratualmente previsto que as emissões arranquem até 31 de Janeiro próximo. No entanto, ainda praticamente nada se sabe sobre a oferta paga (Meo DT) e os moldes em que irá funcionar. Prevê-se pois que, a disponibilização dos canais codificados na TDT, esteja ainda distante.

É que a PT, vem desde Abril de 2009, falando numa suposta alteração de circunstâncias de mercado, tendo recentemente informado que está em conversações com o regulador. Teme-se que se avizinhem novos e polémicos desenvolvimentos!

Equipamentos
Anunciado e apresentado ao público pela PT, há praticamente um ano, continua hoje a ser impossível adquirir o necessário receptor de TDT ao preço anunciado de 50€. A PT, recorde-se, colocou em algumas das suas lojas uma quantidade reduzidíssima de equipamentos, à venda por um preço mínimo de 99€! Devido ao preço elevado dos adaptadores, e à reduzida oferta de canais, antevê-se que em 2010 a maioria dos consumidores terá acesso à TDT através da troca do televisor.

Conclusão
Se considerarmos que nos concursos públicos, o regulador atribuiu à rápida massificação da TDT a maior importância, a conclusão é inevitável – a introdução da TDT em Portugal está, até à data, a ser um fracasso! Aliás, seria muito interessante que a Anacom divulgasse quantos lares já recebem a TDT e quantos receptores de TDT (compatíveis) foram vendidos. Ainda vamos a tempo! Mas, a manter-se esta situação, e se não se contrariar a tradição portuguesa de adiar tudo para o último dia, é de prevêr que a adesão à TDT seja(?) feita, à pressa, quando o sinal analógico estiver na iminência de ser desligado.

Estado, operador da rede e canais de televisão, são responsáveis. Está claro que as opções tomadas não foram as melhores para o consumidor:

  • Cedo disse que utilizar MPEG-4 na TDT gratuita era incompatível com a rápida massificação da TDT. O mercado tem comprovado isso mesmo. Quase dois anos após a data de apresentação das candidaturas aos concursos da TDT, o preço dos adaptadores TDT MPEG-4 continua demasiado alto para permitir uma adopção em larga escala.

  • O Canal HD revelou-se uma utopia. Os canais não se entendem e ninguém parece importar-se com isso. Faltou coragem e determinação para enfrentar lobbies e, finalmente, disponibilizar RTP Memória e RTPN em sinal aberto.
  • A divulgação e promoção da TDT não deveriam estar exclusivamente entregues a uma entidade privada (Fórum TDT, i.e. operador de rede e canais), como até aqui, correndo-se o risco da TDT ficar refém de uma agenda de interesses conflituantes.
Esperemos que em 2010 as entidades competentes assumam as suas responsabilidades e tomem as medidas necessárias para que, desde já, a televisão digital terrestre possa ser adoptada por todos os lares portugueses.

Notícias relacionadas:
TDT paga adiada e “reformulada”
TDT - Alta (in)definição...

16 comentários:

joecurtis disse...

Bom Post sim senhor. Apetece é mandar (desculpem a linguagem) todos os intervenientes da Nossa TDT à M***A. O nosso país continua a ser gerido à mercê dos interesses e afins. Malograda TDT que bem poderia ser um caso de sucesso tal qual noutros países. Mas alguem esfrega as mãos de conetnte e não é preciso procurar muito... quem será??? Abraço e Bom Ano.

Tootall disse...

Divulgação é pobre e o que vai acontecer é muitos ficar sem televisão logo após o “switch-off” do sinal analógico ou vai acontecer o que aconteceu nos EUA, o desligamento do antológico ser adiado alguns meses da data prevista. Só aí vai haver grande divulgação.
À pouco tempo fui a uma loja bem conhecida e em cada 10 tv’s 2 tinha identificação MPEG4. Tudo dito...

4throck disse...

Sim, a falta de divulgação é paradoxal. Aliás, o site oficial da TDT está parado há meses.
A única coisa que parece avançar é a implantação da rede no terreno, e os relatos mais recentes reportam boas condições de recepção, ao contrario do que sucedeu no início.
Estou de acordo que um elevadíssima percentagem de pessoas ficará sem TV na altura do "switch-off". Eu arriscaria acima de 90%.
É que a actual oferta e qualidade não justifica qualquer investimento para uma pessoa comum que não seja entusiasta de "antenas" e tenha uma recepção analógica razoável.
É indispensável que pelo menos os 4 canais nacionais passem a 16:9 com pelo menos alguma programação em HD e que sejam incluídos os temáticos para gerar algum interesse.
Aqui ao lado a TV Galiza já tem um segundo canal em 16:9 só para dar um exemplo de uma região que não é das mais ricas.

t0nito disse...

Comportamento típico português...

Gentil disse...

O exemplo de Espanha aparece no JN de hoje 05/12/2010.
O Reino-Unido vai comecar brevemente as emissoes DVB-T2 ao mesmo tempo que as DVB-T em Mpeg 2. os futuros 5 canais em HD em DVB-T2 ocuparao apenas o espaco de um único canal do multiplexer B. e dizem que em Portugal nao há espaco no espectro! nao há porque nao quiseram criar!

Márcio Santos disse...

Será que esses senhores lêem estes espaços?

Tudo o que por aqui e fora daqui se escreve nem lhes aquece nem arrefece! O que mais me admira (ou não) é que nem notícia é a TDT! Os media nada dizem sobre a sua implementação, oferta... Era interessante fazerem analogias com outros países, nem é preciso ir longe, basta passar a fronteira.

Realmente somos um país de 1ª na Europa, já tudo pode pagar para ver TV (acham eles)... Que vergonha!

Até compreendo a PT, está a fazer o que lhe deixam, e mais não digo, por agora só 4 canais! AirPlus volta! --'

Yagi disse...

TDT no Reino Unido:

Gentil,

A informação que tenho (de fontes oficiais) é de que o actual Multiplex B irá inicialmente emitir em DVB-T2/MPEG-4 2/3 canais HD. Mais tarde está previsto um quarto canal HD no mesmo multiplex.

Yagi disse...

Márcio,

O dinheiro fala mais alto!

Os media são dominados por apenas alguns grupos económicos e vivem da publicidade! Adivinhe qual a empresa/grupo que mais dinheiro gasta em publicidade! E o Estado é também um dos melhores clientes dos jornais e televisões! Além disso o Estado tem as funções reguladoras e supervisoras, que podem "complicar a vida", logo, não convém "fazer ondas"!

Ser independente, nos dias que correm, é a excepção, não a regra!

A liberdade de impressa está fortemente condicionada!

A bida é bela!!! disse...

É pena que isto se passe cá em Portugal, infelizmente. A TDT tinha tudo para ser uma mais valia... mas vindo da PT já espero tudo. Se a empresa é o que é no negócio fixo... quanto mais numa coisa que não tem um lucro imediato.

Wolftec disse...

Pois parece que o MEO TDT não se vai concretizar.

http://diario.iol.pt/economia/portugal-pt-telecoms-tdt/1133423-4058.html

Depois de terem literalmente empurrado a Airplus para fora do concurso, agora saem-se com esta!!

Impresionante, espero que pagem uma boa multa e que sejam obrigados a entregar a infraestrutura para a Airplus explorar.

Só uma palavra: Palhaçada

Márcio Santos disse...

Última hora:

TDT: Paga PT pede revogação
A PT pediu a revogação do concurso da Televisão Digital Terrestre. A operação deveria estar montada até ao final de Janeiro, mas a operadora requereu a sua anulação para os canais pagos. Ao que o CM apurou, a PT alegou uma “alteração fundamental de circunstâncias”.

Medo, muito medo...
Sinceramente já estava à espera disto!
Mais oferta não querem dar nem a ferros... Mas já se ouve por aí que a PT quer dar mais espaço para os canais generalistas em HD...

Repito: Medo, muito medo... O que aí virá...

Popy disse...

economico.sapo.pt/noticias/pt-desiste-da-tdt-paga_79514.html já viu as ultimas?

Yagi disse...

Márcio,

A PT não dá nada a ninguém :)

zefo disse...

No Reino Unido foi criada uma empresa publica sem fins lucrativos para a TDT - FREEVIEW, em Portugal usa-se uma empresa privada que costuma roubar o simples cidadão, no Reino Unido eram 5 canais analógicos, agora são mais de 47 entre TV e Rádios, muitos deles interactivos e todos separados por temáticas, há canais de filmes, canais de tele-vendas, canais de musica, generalistas, em Portugal vai-se simplesmente transmitir os 4 canais nacionais, no Reino Unido o EPG funciona a 100% e não há desfasamento da programação em 1 segundo, em Portugal os 4 canais nacionais alem de mentirem/omitirem os programas no EGP 99,99% das vezes não bate certo com o que está a dar realmente, pois com isto digo, Portugal está na cauda da Europa e sempre irá estar, não só fisicamente, mas sempre irá estar e em todos os aspectos, adoptar o MPEG4 foi o maior erro de sempre, mas a PT pretendia ganhar dinheiro tanto com os equipamentos, como com as licenças de transmissão, tipo é a PT que transmiti o sinal do operador privado SIC e acho que também transmite o da RTP, pois apesar de não ter MEO, muitas vezes o meu televisor apresenta uma parabólica e a informação sem sinal, por isso está tudo dito a PT têm muitos milhões para "untar" as mão a todos os intervenientes no processo

Unknown disse...

Boa tarde,sou brasileiro e estou a passar férias aqui em Porma tugal na cidade de Viseu e tenho que falar que o TDT de vocês deixa muito a desejar,a transmissão esta sempre congelando quando não da perda de sinal.Uma tristeza.No Brasil, todas as redes de tvs já transmitem no sistema digital e em HD.Porque aqui se quisermos ver em HD temos que assinar uma MEO ou outra tv paga? Pagar para ver tv em HD?Isso é fazer hora com o povo português.
Abraços a todos.
Jorge Alberto.

Unknown disse...

No Brasil começamos esse ano a mudança para a TV Digital e todas as redes de TV por exemplo: SBT,RECORD,GLOBO...já transmitem no sistema digital terrestre e tambem em HD,no sinal aberto.E o que é melhor, sem a perda de sinal como esta acontecedo desde ontem aqui em Viseu.Será que um dia quem não quiser assinar uma MEO ou outra tv por assinatura vai conseguir assistir tv sem ter a imagagem congelada ou perda de Sinal?
Saudações para todos.