sábado, 1 de agosto de 2009

TDT: problemas de recepção

Com a chegada do período de férias, certamente muitos leitores irão aproveitar algum do seu tempo livre para tentar receber a Televisão Digital Terrestre. Vários pontos do país têm como data prevista de cobertura TDT o final do mês de Agosto. Nas últimas semanas têm entrado em funcionamento novos emissores de TDT abrangendo zonas não incluídas no arranque da TDT a 29 de Abril. A lista actualizada dos emissores, mapa de cobertura e frequências de TDT está aqui.

Alguns leitores queixam-se de que, apesar de estarem dentro da zona de cobertura do sinal indicada pela PT, não captam sinal algum ou captam muito mal o sinal de TDT.

O insucesso pode ter várias causas:

A área de cobertura é uma previsão

A área de cobertura é uma simulação realizada tendo em conta vários parâmetros. Nem sempre as previsões coincidem com a realidade. A PT não informa, mas as previsões de cobertura muito provavelmente assumem que na recepção se utiliza antena exterior com um ganho adequado e instalada a uma altura também adequada! Mais, as previsões de cobertura não têm em conta edifícios altos ou árvores que podem obstruir o sinal! A recepção fiável da TDT com antena interior, só será possível na proximidade dos emissores ou em casos excepcionais.

Sistemas de antena colectiva

Muitos dos leitores que informam não conseguir receber a TDT reside em edifícios que utilizam sistemas de recepção colectiva ainda não adaptados para a TDT. Nesse caso para receber o sinal através do sistema colectivo deverão solicitar uma verificação do sistema de recepção colectivo.

Não co-localização de emissores

Muitos emissores de TDT estão a ser colocados junto a antenas da TMN e não junto aos “antigos” emissores analógicos. Esta situação não é novidade, tendo sido abordada anteriormente aqui no Blog. Deve-se ao facto de a nossa TDT utilizar o tipo de rede SFN (rede de frequência única). Se o emissor de TDT não ficar em linha com o actual emissor analógico, poderá ser necessário reorientar a antena (poderá piorar ou perder o sinal analógico) ou instalar uma segunda antena.

Antenas incompatíveis

As antenas utilizadas deverão ser compatíveis com a TDT. Isto não significa necessariamente que a antena terá de ser trocada por uma nova. Muitas das antenas em uso há vários anos servem perfeitamente, desde que estejam em boas condições. Contudo deverão ser de banda larga, isto é, capazes de receber bem todas as frequências UHF, do canal 21 ao canal 69*. É aconselhável que tenham um ganho não inferior a 14dBi. A imagem seguinte ilustra os tipos de antena que com mais frequência se encontram à venda. As antenas 1 e 2 são exteriores. As antenas 4 e 5 são antenas interiores. A antena 3 é uma antena especial para caravanas, mas que também pode ser utilizada no exterior de edifícios, em zonas de boa cobertura. A antena 1 é uma antena VHF e não é compatível com as actuais emissões de TDT.


Antenas Log-Periódicas ou "rabo-de-bacalhau"

Estas antenas normalmente apresentam um poder de captação de sinal relativamente baixo e baixa directividade devendo a sua utilização ser evitada em zonas onde o nível de sinal recebido é baixo ou é afectado por reflexões.  

Qualidade da instalação

Para além da antena, é também muito importante que o cabo coaxial e todos os conectores (fichas) sejam de boa qualidade.


* Na prática a antena deverá ter um ganho adequado na frequência utilizada pelo emissor TDT, que no Continente é actualmente o canal 56 de UHF. Referem-se as antenas de banda larga porque estas, em principio, asseguram um ganho satisfatório em todos os canais UHF, o que salvaguarda eventuais alterações na televisão digital terrestre, como a alteração da frequência (como já ocorreu) ou a utilização futura de novas frequências. Se a antena em utilização tem um ganho adequado na(s) frequência(s) TDT e está em boas condições, não há necessidade de trocar, como é evidente.

Importa também lembrar que, como a PT não divulgou a lista de todos os locais onde serão colocados emissores de TDT e sua respectiva área de cobertura e, como em muitas localidades será possível receber sinal de dois ou mais emissores, não é ainda possível determinar qual será o emissor mais indicado para essas zonas e qual a orientação definitiva a dar à antena.


Televisores e receptores

Para desfrutar das emissões da TDT portuguesa é necessário que o televisor ou receptor TDT suporte as normas de compressão MPEG-4 (video) e AAC (áudio). Nos receptores tipo placa sintonizadora ou Pen USB (para computador) o processamento do sinal é realizado pelo computador. Para receber as emissões basta que os codecs H.264 e AAC estejam instalados e à entrada de antena chegue sinal suficientemente forte. Na eventualidade do televisor ou receptor de TDT não ser compatível com a TDT portuguesa será possível sintonizar a emissão, mas não será possível ver/ouvir os programas.


Problemas de recepção da TDT portuguesa em zonas vizinhas de Espanha:

Em instalações em que a antena de recepção fica orientada para Espanha ou se faz a mistura de sinal de duas antenas (sem filtragem) é possível que, em determinadas condições, emissões provenientes de Espanha no canal 56 afectem a recepção da TDT portuguesa.

A solução para este tipo de problema depende das particularidades de cada caso.


Parte 2: Como melhorar o sinal da TDT

Notícias relacionadas:

33 comentários:

RE IE disse...

Eu sou da Arrentela / Seixal tenho uma Avermedia Volar HX Hibrida.
com o VLC nao consigo identificar a placa, com o programa da propria nao encontra canais nenhuns.

De indicar que no Head-end da TvCabo da Cruz de Pau aparenta haver um emissor com aqueles paineis brancos na ponta.

Nao consigo apanhar qualquer sinal, creio eu que a minha antena colectiva seja do tipo 1. Ou seja, blackout.

Sera que as antenas que vieram com a placa irao funcionar? Tambem nao sei da antena. Por isso nao posso confirmar.

Continuem com o grande blog.

Yagi disse...

É o emissor de Amora/Seixal, já está na lista.

As antenas que vêm com as placas funcionam só uma distância muito pequena dos emissores (poucos Km). Aliás, normalmente os fabricantes avisam para esse facto.

Manuel disse...

Tenho uma Avermedia Volar HX Hibrida em Odivelas e com o VLC apanho bem monsanto (10 Km e não á vista) com uma antena interior amplificada antiga da tv analógica. Com a antena da placa é muito muito difícil e só em certas posições na casa. O vista e o 7 (evaluation copy)(melhor este) detectam a placa bem. O media center do Win7 nem precisa de drivers ou do software da Avermédia dá para ver tudo bem. O Win 7 detecta a Avermédia e não precisas de mais nada (é como se fosse uma pendrive - nada para instalar). O VLC é pau para toda a obra é muito bom a detectar mas usa as configurações que o Yagi já postou aqui e arranja uma antena interior amplificada (a partir de 18 euros na Worten)mas se não tens o 7 podes precisar dos drivers da placa. As antenas colectivas por experiência própria nem sempre funcionam bem.

Yagi disse...

Em Odivelas recebe-se TDT de Benfica e provavelmente também de Monsanto. Benfica fica só a aprox. 6Km em linha recta. Quanto mais alto no prédio habitamos melhor é o sinal.

Eduardo disse...

Boas,

É só para anunciar que o meu problema já foi resolvido, o sistema colectivo do meu prédio já foi programado para os canais da TDT espanhola e para os analógicos portugueses (a qualidade dos analógicos portugueses ficou soberba).

Foi o condomínio responsável do meu prédio que chamou um instalador profissional e que programou a central do prédio.

Cumprimentos

Popy disse...

e em relação às condições atmosféricas?

só sou eu a achar que este tempo quente, de sol, temperaturas altas não ajuda em nada à propagação do sinal TDT?

é que com estes dias de calor o sinal chega a minha casa fraco, o sufeciente para ficar a preto. estou na póvoa de varzim

já nao me lembro onde vi que alguem morava em Santa Maria da Feira a dizer que já tem sinal do Monte da Virgem, quando não tinha..eu sempre tive de lá..e estou mais longe.

é possivel que eles regulem a potencia de cada antena individualmente? ou seja..por exemplo, uma virada a norte ter menos potencia que uma virada a sul?

ou este tempo quente não ajuda nada?

Yagi disse...

Popy,

O tempo quente tanto pode originar condições de propagação de sinal muito boas ou muito más. É frequente as condições de propagação variarem muito ao longo do dia. E condições de propagação muito boas, na nossa TDT, podem em algumas situações causar problemas de recepção devido a interferências.

A Póvoa de Varzim fica a mais de 30Km quer do Monte da Virgem quer de Darque, daí que a recepção possa não ser estável, apesar do terreno ser muito favorável. Tem que aguardar pela instalação de um emissor mais próximo ou melhorar a actual instalação.

É possível reforçar a cobertura em algumas direcções a partir de um emissor, mas das instalações que já vi isso não está a acontecer.

Bargao_Henriques disse...

Olá
Vivo em Lisboa, nos Olivais Norte e comprei recentemente uma TV LCD Philips 32PFL7404H/12.
Para minha surpresa, quando fiz a instalação dos canais, consegui sintonizar os 4 analógicos mas 0 digitais.
Confirmei com a Philips que as características da TV permitem a recepção da TV digital em Portugal, e com a através do forum TDT que a minha zoan está coberta pela emissão.
Restou-me a hipótese de ser necessária uma adaptação na antena comum do condomínio.
Enquanto esta adaptação não é feita, pedi emprestada uma antena interior com capacidade para TDT, para fazer um teste, mas mesmo assim não consigo apanhar qualquer canal digital...
Podem dar-me algum conselho?
Obrigado!

RE IE disse...

Boas

Ja coloquei a minha Avermedia a funcionar no Ubuntu NR com o VLC, apanhou muito mal, mas apanhou, com a antena que vinha com a placa.
Realmente a qualidade é mesmo muito boa. Mas acabava sempre por pixalizar.

RE IE disse...

So um acrescimo, no domingo de tarde, numa determinada posiçao da minha janela (lado direito na vertical) , apanhei sinal TDT muito mal.

Hoje, tentei novamente a antena colectiva, continua sem apanhar (recebe algum som de 10 em 10 segundos e os canais, mas imagem nem ve-la), mas com o VLC no Ubuntu.
Hoje tambem na mesma altura apteceu-me tambem ligar a antena, e voila, sinal perfeito.
Noutra posiçao da Janela (mais para a Esquerda) , antena metida entre os buracos do estore (na horizontal)


Tentei no fim de semana apanhar na Festa do Avante (Virado para Monsanto) e aquilo ia apanhando muito mal.

So para concluir o meu raciocinio, nao consegui ver TDT no Vista... mas no Ubuntu funcionou.

Yagi disse...

RE IE,

A recepção do sinal digital é mais critica do que o analógico. No analógico a qualidade vai-se degradando, mas continua a ser possível seguir a emissão até quase não haver sinal. Isso facilita muito a orientação da antena.

No digital, existe um nível de sinal crítico, abaixo do qual a recepção falha por completo. Nessas situações a maioria dos receptores indica 0 na potência do sinal ou qualidade. Quando a imagem pixeliza, normalmente significa que o nível do sinal está muito baixo.

O digital é mais exigente quanto ao sistema de recepção: antena, qualidade dos cabos e fichas, amplificadores, etc.

Elton disse...

Estou em ovar, o codigo postal aparece como coberto mas a verdade é que olhando para o mapa, quase se nao toda a cidade de ovar aparece como não coberta :(

Ja estive realmente a experiemnetar e não apanho aboslutamente nada, a nossa antena colectiva ja se encontra preparada para a TV e a televisão tb.

Alguem saber qual é a previsao real para a cobertura do serviço? E para onde devemos direccionar as antenas Vale de Cambra?

Perguntei a PT e eles abstiveram se de comentar fosse o que for rementendo o facto para um instalador de antenas...

ogait74 disse...

Hoje de manhã acordei sem sinal de tdt. Moro na Zona de Lisboa e ontem via perfeitamente as emissões. Será do meu receptor ou é generalizado?

António disse...

Deixei de receber a TDT em condições. Estou em Montemor-o-Novo e estou direcionado para Monsanto. Desde algum tempo, nos 4 canais, a imagem fica "parada" desfocada, e por vezes com indicação de "não sintonizado". Por isso tenho de mudar para a recepção analógica para ver em condições. O que me admira é que, quando comecei a receber a TV digital a imagem era boa, agora não. Que se passa?

Yagi disse...

António,

Monsanto está a 85Km (pode até estar receber sinal de Palmela), nunca vai ter recepção TDT fiável a partir de Monsanto. O emissor de Évora não chega a Montemor-o-Novo?

Vale também a pena lêr este post:
TDT:como melhorar o sinal

Yagi disse...

ANTENAS TIPO "RABO DE BACALHAU"

Caros leitores:
As antenas tipo "Rabo de bacalhau" ou Log-periódicas têm um poder de captação (ganho) baixo e por esse motivo são apropriadas apenas em situações onde o sinal é relativamente forte! Em zonas de sinal moderado a fraco devem utilizar-se antenas de ganho igual ou maior que 14dBi.

A indecisa disse...

Boa tarde

Sou de lisboa, apanho tdt com a antena colectiva, mas hoje de 5 em 5 minutos fico sem sinal. Será que o vento leva o sinal??? Se assim for, têm que melhorar os sinais antes de acabarem com os analógicos não acham?

Cumprimentos

Yagi disse...

O vento só pode afectar a recepção de sinal se houver algum problema com a instalação de antena. Por si só, o vento não afecta a recepção do sinal TDT.

paulo disse...

Boas

Estou em Paços de Brandão,4 quilómetros para oeste do emissor de Lourosa,não tenho linha de vista,o sinal com uma antena de 14db da Alcad, no telhado da minha casa chega com <30dbuV (quase a não descodificar),mas da para ver.

Virando para Gaia,obtenho no mesmo sitio 40dbmV!

No entanto após a baixada de 15 metros de Cabo obtenho uns míseros <32dbuV novamente,o que me leva a querer que é melhor amplificar antes de fechar o telhado!

O receptor é um DENVER o DMB-105HD(vendido pela Worten),dá para ver e gravar,parece-me de razoável funcionamento...

De facto o que me trouxe mais surpresa,foi o fraco sinal de 500W (potência aparente) do emissor de Lourosa,que partilha a torre com a TMN,as antenas de GSM estão logo abaixo,e as de TDT no topo em forma de painel,quatro,cobrindo os 360º.

Cumprimentos e boas recepções,
Paulo

Yagi disse...

Paulo,

Julgo que deveria receber sinal mais forte do Monte da Virgem, presumo que nessa direcção tenha linha de vista e a antena utilizada com boa captação dos 842Mhz. Sem linha de vista com o emissor a atenuação pode ser enorme como parece ser o caso relativamente ao emissor da Lourosa. Sendo a antena adequada, um pré-amplificador ou amplificador de ganho não muito elevado no mastro vão evitar a degradação do sinal. Atenção à qualidade do cabo, as perdas parecem-me exageradas.

Yagi disse...

Mensagem recebida de um leitor:

FARO 3/12/2010

Sou um leitor atento do seu blog, esclareceu muita coisa sobre este
processo da TDT em Portugal.

Desde de a muito tempo que acompanho a evolução da Televisão digital terrestre em Portugal, ou seja desde 1998 desde da expo98 pois foi ai que realizou o primeiro teste TDT em Portugal acho que durante um Mês, na altura um ministro comentava que Portugal não iria ficar para traz
nesta tecnologia.
Pois fiquei muito interessado, e acompanhei este filme durante anos e cada vez via que esse filme, via que isto ficar num filme amador.

Pois é assim que vejo um filme nesta historia toda, desta tecnologia em Portugal, onde a qualidade é pouca, e o rigor não existe. Até cheguei mandar cartas para provedor da RTP dando exemplos vindos Espanha, mas respostas que obtive foram as mesmas de sempre, com as ditas desculpas, algumas muito ridículas, que demonstra uma falta de cultura tecnológica.

Depois desta introdução sobre a minha opinião sobre o Filme TDT.

Venho dizer que já é possível captar com uma antena interior a TDT em Faro, mas a sua recepção não é fácil em toda cidade, o emissor da TDT em Faro fica dentro da cidade, numa zona com uma certa elevação por cima de um edifício, para quem conhece a cidade por cima do edifício Metalofarense.
Como comprei uma nova tv , fiquei curioso se podia apanhar a TDT com uma antena interior, telefonei para PT disseram logo que não,achei aquilo esquisito, então lembrei-me que tinha uma antena interior de uma televisão pequena, liguei a minha nova tv e nada achei estranho, e pensei bom vou mudar a tv para outro lugar da casa mais ou pé da janela depois muitas tentativas com aquela antena pequena la consegui encontra
os canais da TDT mas era uma coisa de milímetros ficar com sinal e sem, pensei em comprar uma antena exterior, porque tinha mudado de casa não tinha ainda uma antena, andei de loja em loja, a ver os preços das antenas, ate que entrei numa loja de electrónica, o senhor dessa loja deu me uma explicação que as antenas dos emissores estavam por cima do edifício Metalofarense mas não sabia se estavam activas, pois noutra loja reparei que estavam com as tv em exposição a exibir os canais da
nossa TDT, com antenas interior inclusive uma era uma antena de um
radio de um carro, que captava bem, mas essa loja não ficava muito longe do edifício das antenas, decidi em vez comprar uma antena exterior comprar uma antena interior,mesmo sabendo o risco que não poderia captar bem na zona que eu moro a TDT, comprei uma antena interior com amplificação de sinal deste tipo como esta nesta imagem
(link removido), bom cheguei a casa com a nova antena interior liguei a tv , fiz um ajustes a antena direccionada para a zona dos emissores e fiquei com a TDT estável na divisão da casa que eu queria.

Mas nesta historia o que mais chateou foi ver que a PT não me soube informar correctamente a informação relacionada com a minha questão isto demonstra que claramente uma falta de interesse por parte da PT pela TDT.

A coisa que estou ver nisto tudo é que muita gente vai apanhar uma
surpresa quando ligar a tv numa bela manhã e não apanhar nada, e depois a rtp,sic tvi, vão começar a receber uma chuva de chamadas tantas que vão começar a ver estática nos olhos dos directores dessas tvs, e depois ai quero ver qual é a desculpa, e quem vai apontar o dedo aquém, vai ser
como regressamos ao tempo das carroças, onde as noticias vinham pelo carteiro, vai ser lindo ver cara dos nossos políticos na Europa, quero ver qual explicação vão dar.

Yagi disse...

comentário enviado por Kusturika:

Existem queixas de falta de cobertura (por exemplo tx de águeda) mas o fenómeno é outro. A PT fez um planeamento tendo em conta as interferências fora do intervalo de guarda como mandam as normas. Ora como a rede deles tem topologia celular (única na Europa ) os cálculos saíram furados. Face à dificuldade em ter sinal em muitas zonas decidiram puxar a potência ao máximo nos emissores e instalar novos emissores não previstos, como o Alto Trevim na Lousã. Isso tem um efeito desvastador em termos de interferências. Sendo assim, muitos espectadores, especialmente nas zonas do litoral, recebem muitos sinais fora do intervalo de guarda. Assim o efeito é a imagem desaparecer ou o aparecimento de macroblocos. Este problema existe em grande parte do país e é pior nas alturas de variação de propagação (baixa rápida de temperatura ambiente) e os instaladores de antenas muitas das vezes não percebem porque é que não dá imagem quando no medidor de campo o sinal é forte. A PT sabe isto mas assobia para o lado. A Anacom até hoje não fez nada para validar a cobertura e qualidade de sinal do TDT. Infelizmente é mau de mais para ser verdade.

Yagi disse...

A rede é do tipo SFN,tem vantagens e desvantagens. Muitos dos emissores estão em sites de antenas da TMN, mas a PT já sabia o tipo de cobertura que iria obter. Naturalmente que um emissor colocado a uma cota de 100m (como em Águeda) não vai ter grande alcance, mas a eficácia depende da zona. E a PT não pode aumentar a potência sem autorização da ANACOM. Aliás, o mais provável é que os valores que foram divulgados inicialmente não estivessem correctos porque recebo de vários emissores e não notei aumento do nível de sinal. Mas de facto alguns emissores têm potência exagerada para o local onde estão. Muitos instaladores reclamam o aumento de potência sem comprender que a PT não pode aumentar a potência devido ao tipo de rede que utilizamos.

Os problemas devido a alterações da propagação notam-se muito mais no Verão e devem-se não ao frio ou calor mas devido a inversões térmicas. Dado que os problemas de recepção são diários creio que a origem da maioria das falhas será origem na rede de distribuição do sinal e na cabeceira de rede em Monsanto.

Há outro factor a agravar a situação: muitas antenas são instaladas a olho, sem auxilio de qualquer instrumento e muitas vezes para o emissor errado. Alguns instaladores até utilizam medidores analógicos que não são adequados para o sinal digital.

Muitos dos problemas devem-se simplesmente porque o sistema de recepção não é adequado. Outros porque simplesmente o local não tem cobertura. Os mapas de cobertura não são 100% fiáveis.

kusturika disse...

Yagui, este tipo de esclarecimento e abordagem é o correcto, na minha ótica. Continuo a achar espantoso que a Anacom não tenha encomendado ou feito um estudo que valide a cobertura do TDT não só em nível de sinal recebido em db/uv mas também qualidade de sinal (C/N, BER, MER e outros). Posso dizer que acompanhei umas medidas feitas a norte de Aveiro com um Rhode & Schwarz ETL tv analyser e confirmou-se que durante partes do dia apareciam portadoras fora do intervalo de guarda com nível de sinal muito elevado (-5 a -20 db em relação emissor principal). Nessa altura, a constelação passava a ser uma mancha apenas. Tenho um familiar que vive junto ao mar a cerca de 10 kms do porto para sul e recebe do emissor do Monte da Virgem. Neste verão, quando chegava ao fim da tarde início da noite o sinal TDT ficava com macroblocos e falhava quase todos os dias. Um outro colega meu vive a 1 km do mesmo emissor e nunca teve problemas de recepção (validei isso na mesma altura para saber se era efeito local ou do emissor). Curioso, porque o meu familiar fez uma reclamação à PT e disseram-lhe que o serviço era gratuíto e como tal, ele não tinha que reclamar. Se não estava satisfeito, que mudasse para o MEO. Esqueceram-se de dizer que os canais nacionais vão pagar 3.5 milhões à PT por ano, cada um, pela difusão do TDT. Mais, existe um caderno de encargos, que duvido esteja a ser cumprido em termos de cobertura. Se assim não fosse, o meu familiar deveria ver bem o TDT.

Yagi disse...

A ANACOM já validou a rede há alguns meses atrás, disse que cumpria. Mas muito provavelmente foram medições rápidas que não permitem detectar este tipo de problemas ocasionais. Em relação ao problema da propagação no Verão, para mim não é surpresa que cause problemas nesta zona, mesmo ainda sem a rede completa, já tinha detectado baixas na qualidade do sinal e moro afastado do mar. E devo dizer que 2011 até foi um ano em que este fenómeno foi relativamente fraco nesta zona do país. Um sinal fora do Intervalo de Guarda com -5dB relativamente ao sinal mais forte é suficiente para deitar a emissão abaixo. Agora o interessante era saber de que direcção vinha esse sinal interferente. O facto do seu colega do Porto não ter problemas a 1Km do emissor é normal uma vez que nessa zona existem vários emissores potentes e o sinal principal deveria ser muito mais forte que o sinal fora do Intervalo de Guarda.

Quanto à resposta da PT perante a reclamação é de bradar aos céus! Simplesmente inaceitável!

Pedro disse...

tenho casa numa aldeia perto de Vieira do Minho e neste momento apanho 3 canais (excepto TVI), com sinal fraco mas aceitável. Há poucos dias comprei uma TV que não encontrou sinal digital, continuo, portanto, como estava. em tempos pedi a instalação por satélite (TV cabo e MEO) e não conseguiram apanhar o sinal do satélite por existir muita vegetação. Segundo o técnico que procurei (oficial TDT), disse-me que aquela zona não vai ter sinal, só por satélite. pergunto, após Abril 2012 vou deixar de ver televisão, qual a solução?

Yagi disse...

Por vezes a antena (satélite ou terrestre) não tem linha de vista, mas colocando-a no alto de um poste ou torre já se consegue receber. Ou, se tiver um vizinho próximo pode eventualmente pedir para partilhar a instalação. Ou, se tiver ligação Internet c/ velocidade suficientemente rápida pode pedir para instalar IPTV.

Anónimo disse...

eu moro em S.Teotónio Odemira nos cá já fizemos um baixo acinado mas estou a ver que isto não deu em nada, muita das vezes queremos ver TV e não damos porquê não a sinal isto foi a maior porcaria que inventaram mas e um negocio rentável para a PT,se ligamos para la eles querem logo e vender uma parabólica , não sei como e pocivel que a meia dúzia de quilómetros da antena isto seja assim .

Anónimo disse...

eu moro em S.Teotónio Odemira nos cá já fizemos um baixo acinado mas estou a ver que isto não deu em nada, muita das vezes queremos ver TV e não damos porquê não a sinal isto foi a maior porcaria que inventaram mas e um negocio rentável para a PT,se ligamos para la eles querem logo e vender uma parabólica , não sei como e pocivel que a meia dúzia de quilómetros da antena isto seja assim .

Anónimo disse...

Antes do jogo Portugal Alemanha começar houve falha na emissão do tdt de Lourosa e veio aos poucos após este ter terminado

Anónimo disse...

Olá boa tarde.

Eu pretendo tentar uma instalação tdt em casa da minha mãe através duma antena interior que ainda não adquiri, mas temo gastar o dinheiro e não fcar servida.
Tem alguma sugestão para me dar e orientar na antena a comprar? Já li no seu blog que é aconselhavel ser de banda larga, freuencia uhf do canal 21 ao 69 e com ganho superior a 14 dbi. Pesquisei antenas na net e em locais de venda mas não mencionam caracteristicas por isso agradecia que me sugerisse.

Att.

Lúcia Magalhães

Yagi disse...

A recepção por antena interior só é possível em zonas de sinal forte. Recomendo a compra em casas da especialidade (componentes electrónicos) onde normalmente possuem vários modelos e sabem informar qual a antena mais adequada à zona onde se reside. Normalmente as antenas trazem a indicação do ganho.

Anónimo disse...

Vivo na Portela, junto ao Parque das Nações, com casa voltada para Palmela, vivo num sitio alto, a recepção aqui é uma vergonha, muitas das vezes durante a noite fico sem sinal com antena a nivel de 5º andar sem prédios a frente. Tenho antena adequada para o sinal. E pagamos vergonhosamente pelo serviço de fraca qualidade.