terça-feira, 1 de março de 2011

TDT: campanha de informação arranca a 10 de Março (act.)

Como se informou no passado dia 23/02 (Breves TDT), a campanha de informação/sensibilização sobre a TDT deverá arrancar este mês. Segundo informações vindas a público, a campanha deverá finalmente arrancar no próximo dia 10 de Março e terá três fases: explicação do que é a TDT, informação sobre as suas limitações e como utilizar os equipamentos. A decisão foi tomada ontem numa reunião entre os ministros dos Assuntos Parlamentares e das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, ANACOM, Portugal Telecom, RTP, SIC, TVI e a Confederação Portuguesa dos Meios de Comunicação Social.

Recordo que a ANACOM anunciou o arranque de uma campanha de sensibilização sobre a TDT a seguir ao verão de 2010, mas que foi sendo sucessivamente adiada, para o início de 2011, depois para o mês de Fevereiro e agora para Março.

E, apesar do enorme atraso na divulgação da TDT e de faltarem apenas 10 meses para a data prevista para o inicio do desligamento dos principais emissores de televisão analógica, ficou-se a saber que a campanha de informação não está ainda pronta! Alegadamente, só agora, nesta reunião, se decidiu como informar os portugueses. Como o Blogue TDT em Portugal informou recentemente, em Novembro de 2010, apenas 1,1% da população recebia a TDT portuguesa e 92% desconhecia qual o ano do fim das emissões analógicas. Como expliquei em post anterior, dados os sucessivos atrasos, é bem provável que o encerramento das emissões analógicas seja adiado para não antes do final de 2012.

Como estava préviamente definido, está previsto o apoio na aquisição dos "descodificadores" para as camadas da populações mais carenciadas. Quem recebe o rendimento mínimo, terá "um apoio de 50 por cento na aquisição do aparelho". Esta comparticipação será atribuída após o envio da respectiva factura de aquisição e de documentos comprovativos da situação para um endereço postal a divulgar.

Mas, apesar do início da campanha de informação, tudo indica que inúmeras questões importantes, relacionadas com a disponibilidade da cobertura terrestre e via satélite, preços, tipo e disponibilidade de equipamentos para a recepção via satélite, entre outras questões pertinentes, ficarão ainda por responder durante mais algum tempo. Quer ANACOM quer PT continuam sem responder às questões mais importantes. A manter-se este silêncio, a consequência inevitável será o contínuo adiamento da adesão à TDT por parte da maioria dos portugueses e a continuação do aproveitamento da situação pelos operadores de televisão paga.

É profundamente lamentável que ao fim de todo este tempo os "responsáveis" pela implementação da televisão digital terrestre não tenham conseguido (ou querido) delinear e implementar uma estratégia de sucesso para a TDT. Tudo indica portanto que a TDT portuguesa continua a navegar à vista, sem rumo certo.

Sem surpresa, chego à conclusão que os sucessivos adiamentos não foram aproveitados para nada (excepto pelos operadores de televisão paga), pois tudo indica que entretanto muito pouco ou nada foi feito. Não foi por falta de alertas, pois o blogue TDT em Portugal tem desde há muito tempo vindo a alertar os responsáveis, em público e em privado, para os erros cometidos e avançado com possíveis soluções. Não há desculpa possível!

7/03/2011:
Segundo fontes da Anacom citadas pela agência Lusa, apenas será subsidiada a compra de um equipamento por lar e apenas os equipamentos mais básicos (que não permitem a gravação ou pausa da emissão) serão comparticipados. Como a grande maioria dos novos receptores disponibiliza a opção de pausa e gravação por porta USB, preve-se que esta condição vá limitar ainda mais as já poucas opções do consumidor, aliás esta condição parece ter sido adoptada para impôr a escolha de um equipamento particular (e limitar o valor da comparticipação), que actualmente já nem se encontra em comercialização em Portugal. 10/03/2011: esta última condição não consta da informação divulgada no site oficial da TDT.

Ainda segundo a Anacom, cerca de 1/3 das habitações portuguesas, o que não chega a 1.5 milhões de lares, recebem a televisão por antena. Estes dados não coincidem com um recente inquérito da Universidade Lusófona realizado em Novembro de 2010 em que 45% dos inquiridos (ou seja quase metade da população) afirmaram não ter televisão paga em casa.

8/03/2011:
O Governo irá fazer a apresentação pública do projecto na próxima quinta-feira 10, no dia em que a campanha de informação arranca. Esperemos que após 23 meses perdidos, o Governo tenha finalmente aprendido alguma coisa e não se fique por meras palavras e promessas vãs. A RTP N e em particular a RTP Memória, há muito que deveriam estar presentes na TDT portuguesa. Veremos se vamos ter uma TDT versão 2.0, ou se tudo irá continuar como dantes.

10/03/2011:
A apresentação da campanha de "informação" já terminou e sem novidades, apenas propaganda. Nos canais de TV passa uma publicidade que diz: «se não tem televisão paga só vai poder continuar a vêr os seus programas com a TDT».  

Posts relacionados:
TDT: ANACOM nega evidências
TDT: falta de informação facilita burlas
TDT é recebida por menos de 2% dos portugueses!
Televisores: menos de 5% estão preparados para a TDT
TDT: Portugueses não estão informados
TDT portuguesa - Que futuro?
Desligamento analógico: adiamento cada vez mais provável

15 comentários:

songohan disse...

O mais parvo disto tudo é que bastava incluirem a RTP Memória no canal 6 da TDT para conseguirem ter uma campanha barata e conseguiam facilmente informar a maioria dos portugueses.
Agora vão gastar uns bons milhares de euros a fazer anúncios que as pessoas não tem grande interesse em ver.
Incluíam a RTP Memória e colocavam um anuncio no meio daqueles programas que tem mais audiência principalmente junto da população idosa (como o preço certo o telejornal e os programas da tarde). Só isso facilmente levava as pessoas a perguntar "O que é a TDT?" e iriam informar-se.
No próximo sábado podiam usar o canal HD para transmitir o festival da canção. As outras operadoras privadas não se deviam importar se não fosse emitida publicidade.
Mas vão dar tudo ás empresas de cabo... sendo que a publicidade paga acaba por ser nula...

songohan disse...

E há mais 1 pequeno promenor:
A mudança do canal 67 para o 60.

Vão fazer a publicidade durante o mês de março a falarem do canal 67 para até ao final de abril os 4 canais irem mudar para o canal 60?
Gastar dinheiro em publicidade que só dura um mês na melhor das hipóteses?
Ou vão já dizer que a TDT está disponível no canal 60 mas a publicidade só será emitida depois de Maio de 2011?
O que basicamente diz que esta apresentação não passa de publicidade estática sem uso para os próximos meses...
Ou para incentivar as pessoas a aderirem às televisões pagas porque já ouvi vendedores da zon e do meo a dizerem que a TDT é o serviço fibra deles.

Yagi disse...

songohan,
Nem sequer se sabe se a publicidade vai abordar o canal de emissão. A questão do canal de emissão é secundária, a esmagadora maioria das pessoas não necessita saber qual a frequência ou o canal de emissão. Basta informar que se deve fazer uma pesquisa automática nos aparelhos. E nem sequer há certeza de que a alteração de frequência estará concluída até 30 de Abril!

Estar á espera da alteração de frequência é um erro e só serve de desculpa para atrasar ainda mais a TDT.
O que é realmente importante é que finalmente sejam dadas respostas às muitas questões que continuam por responder.

songohan disse...

O canal vai ter de ser sempre parte da publicidade yagi.
Se a antena estiver mal apontada o mais provável da sintonia automática (sem falar que muitas das televisões que já são compatíveis com a TDT tem por defeito a sintonia analógica) não encontre os canais. Enquanto que a sintonia manual pode conseguir receber a lista de canais mesmo que depois os transmita com freezes de imagem.

E não estava a referir que eles a devem atrasar. Só estava a constatar que este anúncio não passará disso mesmo. Só agora é que vão começar a planear a campanha de divulgação que deve ter várias fases.

Só espero é que não comecem com a parte do HD... porque se começam por aí é pior que darem um tiro nos pés.

E os operadores do site "oficial" que tratem de manter aquilo mais ou menos actualizado... pois é mais simples arranjar informação aqui no teu blog do que lá.

Yagi disse...

songohan,
Em muitos casos a sintonia automática não vai encontrar nada, é verdade. Mas, a maioria das pessoas, se não conseguir resultados com a sintonia automática vai chamar um técnico, não vai subir ao telhado para "mexer" na antena. Segundo o que se sabe, só na terceira fase da campanha é que serão abordados os equipamentos. Veremos...

paulo.ribeiro disse...

Parece que já começou a campanha de "informação". Esta notícia não tem ponta por onde se pegue.

http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=1800486

Pedro Viana disse...

Já viram as noticias de hoje?

"Quem tem TV grátis vai ter de pagar com a chegada da TDT" http://www.jn.pt/PaginaInicial/Media/Interior.aspx?content_id=1800485

"Televisão Digital Terrestre (TDT) acaba com a televisão grátis" http://www.jornalnorte.com/?p=6196

"Tem TV grátis? Com TDT vai ser obrigado a pagar" http://www.tvi24.iol.pt/media-e-comunicacoes/tdt-televisao-anacom-agencia-financeira/1237688-5239.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter entretanto a TVI24 já mudou o titulo da noticia para "Tem TV grátis? Com TDT vai ter de pagar uma vez". parece que o email que enviei para lá surtiu efeito.

Sendo a fonte a Agência Lusa, quantos mais outros sites têm esta noticia com aquele titulo enganador e mentiroso?

Yagi disse...

Os títulos podem ser exagerados e são mais uma ajuda aos operadores de televisão paga mas, no essêncial, até estão certos!

Tal como a TDT está a ser introduzida, o mais provável é que a maioria dos portugueses acabe mesmo por aderir a um serviço de televisão paga!

Agora que vai começar "a doer", veremos qual vai ser a reação do público! Paga e cala, como aconteceu com as SCUT?!
Veremos...

capsxino disse...

Já viram a campanha que está a passar na TV? Grandes sacanas! Informação: zero, basicamente assustam as pessoas : não tem TV paga então vai ficar sem ver televisão. Agora é que está mesmo o funeral feito à TDT.

Pedro Viana disse...

numa nota à parte... não sei se já repararam, mas a RTP Musica não arrancou a 7 de Março, e foi adiada para uma nova data ainda por anunciar.

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=13334

fonseca disse...

Quem paga 2,39 € na fatura da luz!!!... Isto é televisão grátis?

capsxino disse...

Aqui está a vergonhosa : http://hotfile.com/dl/109623143/c425fdf/tdt.avi.html

Ainda por cima a PT pagou a umas figuras públicas para entrarem na sua campanha de contra informação (será que o estado também entrou com algum?) e o técnico habilitado será um técnico da MEO?

a disse...

Mas digam me uma coisa, não vai haver mais colocação de emissores por parte da PT? Enquanto a promoção da TDT, muito má.

Pedro Viana disse...

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Campanha-de-sensibilizacao-para-a-TDT-arranca-em-varias-frentes.rtp&article=423115&visual=3&layout=10&tm=8

video da campanha na noticia no site da RTP

Pedro Viana disse...

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Campanha-de-sensibilizacao-para-a-TDT-arranca-em-varias-frentes.rtp&article=423115&visual=3&layout=10&tm=8

a partir dos 13 minutos as 2 reportagens sobre a TDT do Jornal da Tarde de hoje. A SIC não transmitiu nada. a TVI não sei porque ainda não colocaram o Jornal da Uma no site