sábado, 29 de novembro de 2008

Esclarecimento da Anacom sobre a TDT

Finalmente a Anacom divulga publicamente no seu site a informação técnica essencial sobre a TDT portuguesa, nomeadamente os requisitos minimos para os televisores e "set-top box's" (receptores), informação adiantada algum tempo atrás neste Blog. É motivo para dizer que mais vale tarde que nunca.

Extracto do esclarecimento da Anacom datado de 27-11-2008:

«As futuras emissões de Televisão Digital Terrestre (TDT) em Portugal terão por base, nomeadamente, a tecnologia DVB-T e a compressão de vídeo MPEG-4/H.264.

Neste contexto, para recepção das emissões de TDT deverá confirmar se as especificações técnicas do(s) equipamento(s) de que dispõe respeitam, no mínimo, duas condições:

1. Compatibilidade com a norma DVB-T;
2. Descodificação de vídeo em MPEG-4/H.264.

Não se verificando as referidas condições, poderá proceder das seguintes formas:

Caso pretenda manter o seu actual televisor, deverá adquirir um dispositivo externo, habitualmente uma set-top-box a instalar entre a tomada de antena e o televisor, que em conjunto com o mesmo permita satisfazer as duas condições acima referidas;

Caso pretenda comprar um novo televisor e não ter que instalar o referido dispositivo externo, deverá adquirir um televisor digital integrado já com capacidade de recepção de DVB-T e descodificação de vídeo em MPEG-4/H.264. Deve assim certificar-se, designadamente junto do vendedor, de que os dispositivos que pretende adquirir tendo em vista a recepção de TDT em Portugal (set-top-box, televisor digital integrado, ou outro, como, por exemplo adaptador para PC) permitem satisfazer, no mínimo, as duas condições acima referidas.

Chama-se ainda a atenção para o facto de muitos dos equipamentos presentemente disponíveis em Portugal, com indicação de compatibilidade com DVB-T, designadamente televisores digitais integrados, disporem apenas de descodificação de vídeo em MPEG-2, o que não possibilita, por si só, a recepção de TDT em Portugal, carecendo assim de um dispositivo externo para o efeito, que poderá ser uma set-top-box com as características anteriormente referidas ou outro tipo de solução que satisfaça as mesmas condições. »

O texto completo está disponivel aqui.

Nota:
Até ao final do ano a PTelecom deverá também prestar esclarecimentos sobre a TDT. Nessa altura espera-se que informem qual o equipamento que estará disponível e os preços.

11 comentários:

Yagi disse...

«muitos dos equipamentos presentemente disponíveis em Portugal, com indicação de compatibilidade com DVB-T, designadamente televisores digitais integrados, disporem apenas de descodificação de vídeo em MPEG-2»

LOL
Muitos? São praticamente todos!
Isto é o que habitualmente se designa "assobiar para o lado"...

Gentil79 disse...

Acho que a minha carta teve um efeito positivo, ao ser enderecada a tudo e todos e referindo a incompatibilidade dos actuais aparelhos. Esta resposta da Anacom veio 2 dias depois de que receber a confirmacao deles. No entanto, devemos esperar o que diz a PT. Contudo, apesar da resposta tardia da ANACOM, nao posso deixar de salientar que o JN foi o unico que informou sobre este aviso da Anacom. Tenho procurado em todas as paginas da RTP, SIC e TVI e nao encontro nenhuma referencia sobre este assunto. Por agora, aqui em Inglaterra, comprei o servico Freesat por menos de £200. tem 120 canais (100 de tv e 20 de radio) 3 canais em HD, descodificador MPEG4 e antena. em Portugal, vai-se pagar quase o mesmo só para 5 canais!

Yagi disse...

Sem querer tirar mérito a ninguém a Anacom não reage só aos reparos de uma única pessoa. Eu próprio já tinha colocado todas estas questões há já algum tempo à Anacom e à PTelecom, e quando anunciei aqui no Blog que o MPEG-4 era oficial foi depois de ter recebido confirmação da Anacom, embora não pude-se divulgar a fonte na altura, por motivo óbvio.

Em relação ao JN tenho a dizer que já algumas semanas fui contactado por um jornalista do JN online a quem prestei informações e esclarecimentos sobre esta questão da TDT e do MPEG-4. Esse Sr. jornalista não publicou nenhuma noticia. A noticia que saiu agora é da autoria de outra jornalista e limita-se a "pegar" no esclarecimento da Anacom. De qualquer forma é positivo que o JN divulgue o esclarecimento da Anacom, só é pena que outros jornais e a televisão ainda não o tenham divulgado.

Yagi disse...

Segundo a PTelecom até ao final do ano serão prestadas mais esclarecimentos sobre a TDT.

Esperemos que informem sobre que equipamento estará disponível e a que preço.

Gentil79 disse...

Após uma nova busca aos sites da Internet dos principais orgaos de comunicacao social, apenas o JN, Publico, DN e SIC, fazem referencia á comunicacao da ANACOM, copiando o texto do comunicado. Nao ha videos nem reportagem. Estranhamente, RTP e TVI nem sequer fazem referencia ao texto no feed de noticias. Na semana Passada mandei mais um email Ás televisoes, e apenas a SIC respondeu a dizer que tem estado atenta ao assunto e que o mesmo tem sido referido nos noticiarios (pois...) e disseram que vao analisar a materia para reportagem.

Yagi disse...

Também enviei e-mail para RTP, SIC e TVI. Até à data apenas a SIC respondeu, informando que a mensagem foi encaminhada para a Produção de Informação, onde seria analisada para possível referência noticiosa.

Popy disse...

para a rtp nem vale a pena mandar e-mails.

já enviei dezenas por variadissimos assuntos, e a unica coisa que recebo é uma notificação automatica.

A Sic responde sempre, a TVI não sei, porque não sabia que a TVI tem e-mail

Germano disse...

Boas!
No seguimento dos esclarecimentos acima feitos surgiu-me aqui uma questão pertinente: há umas semanas atrás decidi comprar uma placa de tv para o computador e na loja havia vários modelos desde os analógicos, digitais e mistos. Ao pedir informações a um funcionário, ele pouco me soube dizer e acabei por comprar o modelo Hauppauge WinTV-HVR-900 (analógico e digital) porque, segundo ele, poucas diferenças teria perante o modelo Hauppauge WinTV-HVR-900 HD (tirando o preço, era muito "semelhante"). Será que acabei por comprar um modelo que mesmo com a capacidade para digital não tem a capacidade de mais tarde me sintonizar a TDT (MPEG-4/H.264)? Será que me podem esclarecer este facto?

Yagi disse...

A WinTV-HVR-900 é um dispositivo USB e teoricamente é capaz de receber todas as emissões DVB-T em mpeg-2 ou mpeg-4, logo não deverá ter problemas em receber a TDT quando ela chegar. No entanto, poderá ter que instalar um codec mpeg-4, caso não tenha nenhum instalado no PC. Para conhecer as diferenças entre os modelos que fala que tal fazer uma busca no Google?

joao disse...

´´TDT``É MAIS UM NEGOCIO COM MUITA RENTABILIDADE.BOX`S, DESCODIFICADORES,ANTENAS,ETC.......
TUDO ISTO CUSTA DINHEIRO, MUITO DINHEIRO.E NAO PODEMOS ESQUECER QUE O PAIS ESTÁ DE TANGA OU PIOR ;DE FIO DENTAL QUASE A REBENTAR.

Toni disse...

É uma vergonha. Há zonas da Beira Litoral onde o sinal digital não chega ou aparece muito fraco.
Como exemplo: A localidade do Barroco - Vila Nova de Anços.
Pagamos, nós, as taxas audiovisuais todos os meses e não temos qualidade nos serviços.
Parece que há Portugueses de 1ª e portugueses de 2ª.
Afinal quem é o responsável?