quarta-feira, 29 de outubro de 2008

TDT Portuguesa em MPEG4 ! (act)

É oficial. Todos os canais da TDT portuguesa serão transmitidos em MPEG-4. Confirmam-se assim os rumores que circulavam. Resta saber quantos portugueses estarão em condições de assistir ao arranque da TDT em portugal, pois quase todos os equipamentos já vendidos e à venda em Portugal são apenas MPEG-2 e portanto incapazes de receber a TDT portuguesa.

De momento os equipamentos (televisores e receptores) aptos a receber as emissões são ainda em número reduzido e de preço relativamente elevado, devendo demorar algum tempo até os preços baixarem o suficiente de modo a permitir a massificação da TDT. Enquanto um receptor TDT MPEG-2 pode custar apenas 30 Euros, um adaptador MPEG-4 HD básico, adequado para receber a nossa TDT custa cerca de 190 Euros. Como muitos lares têm mais que um televisor, é necessário multiplicar este valor pelo número de aparelhos a adaptar. Parece ser um preço demasiado alto a pagar para receber 5 canais de televisão (os gratuitos).

Enquanto a PTelecom não divulga qual o equipamento que vai disponibilizar e em que modalidades (compra/aluguer) e a que preço, penso que a opção mais sensata, será mesmo esperar para vêr. Para ajudar à confusão, não esquecer que mais cedo ou mais tarde o sinal da TDT irá também ser distribuido por satélite. O satélite será a única opção para alguns, pois o sinal da TDT não vai chegar a todo o lado (vêr noticia de 28/05/2008), mas para quem pode instalar uma antena parabólica, poderá ser mesmo a opção mais interessante.

Uma alternativa económica para vêr a TDT é o uso de uma placa sintonizadora de TDT para computador. Existem vários modelos: internas (instaladas dentro do computador) e externas (ligadas por USB ou PCMCIA). Os preços variam entre os 20 - 100 euros.

Actualização 5/11/2008:

Uma nova alternativa poderá surgir brevemente no mercado. Trata-se de uma placa pcmcia MPEG-4 HD. Vêr a notícia de 5/11/2008.

Links:
A TDT irá cobrir inicialmente apenas o litoral do país
RTP Alerta para o preço elevado das «set top box»
Apresentação da proposta da PT para a TDT
Caderno de encargos do concurso do MUX A (canais em aberto)
Caderno de encargos do concurso dos MUXs B a F (canais a pagar)

19 comentários:

ups disse...

Pelos vistos, então os vendedores fizeram bem [ http://tdt-portugal.blogspot.com/2008/07/televisores-sem-tdt-ateno-s-pechinchas.html ] a não fazerem propraganda sobre as cpaacidades de ver TDT com os novos televisores ;)

andre disse...

parece k n vao ter la muito share nesses canais
eles kerem logo o "braco todo"
podiam por a transmissao de 2 maneiras uma em mpeg2 (TDT) e outra em Mpeg 4 (HDTV).
eu agora n encontro canal nenhum.

Yagi disse...

Quando o artigo foi escrito nem os comerciantes nem ninguém, excepto talvez alguns insiders, sabiam que ia ser tudo em mpeg4.

A intenção do artigo foi alertar, para o facto de se poder estar a comprar algo que pouco tempo depois poderia ficar obsoleto. Nessa data já havia alguns televisores mpeg4.

O facto de também agora os aparelhos com tdt mpeg2 se tornarem (relativamente) obsoletos não iliba quem tentou "despachar" mercadoria ocultando informação ao consumidor.

O problema desta situação foi e continua a ser falta de informação.
(Recomendo a consulta do post de 14/10)

Neste caso pode-se dizer que há males que vêm por bem.

Frank Leppert disse...

Desculpem lá, eu acho que a opção do MPEG-4 para o Mux 1 (canais livres: RTP1/2, SIC, TVI +1) não foi a mais feliz. A largura de banda desse Mux chega à vontade para meter os cinco canais livres em MPEG-2, mesmo que um deles seja HD.
Vantagem: O material vendido será compatível e o material a adquirir é muito mais barato (a partir de 20€).
Desvantagem: Apenas para a PT, porque eles têm de codificar os canais duas vezes, em MPEG-4 para o Meo/Meosat e em MPEG-2 para o TDT.

Não sairá barato para quem quer entrar na era digital terrestre.

A minha sugestão: Uma placa USB (Freecom, Pinnacle 72e) para o PC/Laptop por 20 e poucos €, junto com SW tipo DVBViewer e o respectivo codec MPEG-4 (incluído no PowerDVD vers. 7.3 e sup.) permite tornar o computador num gravador de vídeo.

Cumprimentos

Frank Leppert

Sergio Denicoli disse...

Caro Yagi,

Seria possível citar a fonte que confirmou a transmissão em MP4?

Um abraço.

Yagi disse...

Sergio,
A informação foi confirmada por entidade oficial por e-mail, mas não tenho autorização para identificar a fonte. Mas posso adiantar que não foi a PT.

Yagi disse...

Frank,

Alta definição em mpeg2 se usar menos de 11Mb/s começa a perder qualidade. Programas em SD para boa qualidade em mpeg2 precisam 2.4Mb/s ou mais. Ainda é necessário reservar espaço para o EPG e dados.
A melhor solução qualidade/compatibilidade(na minha opinião claro) seriam os 5 canais em SD mpeg2 no Mux A e a versão HD do canal 5 em mpeg4 em modo livre num dos outros mux nacionais.

andre disse...

concordo inteiramente contigo
visto k o 4 canais +1 sao de graca n axo necessario em adkirir mais um aparelho pra os ver (pra tvs k n tenham mpeg4)

Frank Leppert disse...

@Yagi,
também estou plenamente de acordo contigo. Quando comprei a minha placa USB 72e da Pinnacle este Verão em Berlim, experimentei lá o TDT. A qualidade era bastante boa, com valores acerca de 3-4 mbits/s, e metiam ca. de 5 canais num transponder.
Verdade, HDTV tem de ser em MPEG-4, e pelo menos 11-12 mbits/s. É o que o ORF HD/Arte HD emitem no satélite, em 720p. Quando se trata de material HD nativo, fico muito bem impressionado com a qualidade.

Para já fico a aguardar uma ida a Lisboa no fim de Novembro para captar o sinal teste. Como não tenho problema em receber o MPEG-4 pelo satélite devo poder visualizar e gravar o MPEG-4 em TDT.

Cumprimentos

Gentil disse...

Gostaria de salientar que aqui no Reino-Unido, sao transmitidos 66 canais em mpeg2 (45 de acesso livre + 15 de acesso pago) + 11 canais de radio. Por isso o mpeg2 para os miseraveis 5 canais generalistas Portugueses chega perfeitamente. Além disso, e já que a TDT Portuguesa vai comecar em Abril, ainda nao existe info sobre o que é a TDT e como comecar a usar. OU seja, mais de metade do povo Portugues nao sabe o que é a TDT. a unica informacao que existe é tipo decreto-lei, ou entao estes blogues ou as noticias na comunicacao social. Para ver como as coisas funcionam no Reino-Unido vejam a informacao em www.digitaluk.co.uk, www.freeview.co.uk para TDT e www.freesat.co.uk para DVB satelite e mpeg4.

Yagi disse...

Pois é, isso de disponibilizar informação adequada e a horas não é cá conosco, portugueses!

Não senhor. Cá a tradição é para manter...

Tarde e a más horas!!!

Talvez na véspera de Natal digam alguma coisa :)

gentil79 disse...

Enviei hoje um email ao gabinete do Min de Obras Publicas Transportes e comunicacoes, Anacom, ERC, DECO, AR, PT e a todos os partidos politicos acerca das preocupacoes sobre a TDT e a possibilidade dos uso do MPEG4 deixar muita gente de fora devido ao alto preco dos equipamentos. Salientei o facto de muitos aparelhos estarem a ser vendidos como preparados para a TDT, mas mesmo assim nao servirem para Portugal, induzindo em erro muitos consumidores. Tambem sugeri que se usasse o MPEG2 para os canais generalistas de acesso livre e o MPEG4 para o acesso pago. Vamos ver se o meu email vai obter alguma resposta, senao, teremos de pensar numa peticao a nivel nacional.

Yagi disse...

Caro Gentil79,

A cada dia que passa a situação torna-se cada vez mais caricata. A ausência da divulgação da informação mais básica ao público è indesculpável. Espero que o seu e-mail tenha algum impacto.

Gentil disse...

Na sequencia do email que enviei a varias entidades sobre a preferencia do MPEG4 em relacao ao MPEG2 e possiveis consequencias, apenas o Gabinete das Obras Publicas respondeu e que, segundo a carta, diz que que o sec. de estado enviou o meu email para a Anacom a fim de ser analisado... vamos ver o que a ANACOM vai dizer...

Yagi disse...

Quando tiver resposta ao seu mail p.f. informe qual a resposta da Anacom.

Paulo disse...

Tanta discussão por causa da TDT e esquecem-se que a maioria dos lares estão com serviço cabo/iptv ou satelite. Teoricamente, estes serviços incluirão todas as capacidades da TDT, mas é sempre bom haver possibilidade de mudar de operador sem estar limitado a 2 ou 3. Pena foi ter sido a PT a ficar contudo. Mas o Estado nunca deixará a PT ficar despida de serviços...

Yagi disse...

É falso que a maioria dos lares tenha acesso por cabo, iptv ou satélite.

Tipos de acessos:
Cabo:38,3%
Antena:56,3%
Outros: 5,4%

Fonte: Obercom, 02/2008.

Para além disso, são serviços distintos, cada um com as suas vantagens e desvantagens.

xico disse...

Para começar parabéns pelo blog!! Autentico serviço publico. :D
Foi dito neste post que a TDT pode ser substituída pelo serviço satelite para quem ñ queira comprar o descodificador ou ñ tenha cobertura. Por acaso não sabem informar se existe alguma proposta de tornar os tais 5 canais 'gratis' livres de operador no serviço satélite?

Paulo disse...

Eu estou na zona de Alcabideche e gostava de saber para onde devo orientar a minha antena exterior e se há algumas pessoas a receberem bem o sinal da (TDT)na minha zona?