terça-feira, 29 de novembro de 2011

ANACOM lançou nova campanha publicitária à TDT

Arrancou ontem uma nova campanha publicitária para divulgação da TDT. Esta nova campanha é da responsabilidade da ANACOM e pretende explicar o processo de migração para a Televisão Digital Terrestre. Tal como o blogue TDT em Portugal informou em Julho, a campanha, que irá custar 1,2 milhões de Euros, terá três fases: a que arrancou ontem, outra entre 2 e 17 de Janeiro e a terceira entre 12 de Abril e 1 de Maio.

O spot publicitário, que já passa nas televisões, à semelhança dos anteriores, è muito pouco informativo e tão curto que se pestanejar quase não dá por ele. Mais uma vez se aposta no medo de ficar sem televisão para levar o consumidor a mudar para a TDT, uma táctica arriscada. 

Facto interessante é que a RTP terá prometido passar o anúncio mais vezes do que o contratado pela agência de publicidade responsável pela campanha. O administrador da ANACOM responsável pela introdução da TDT em Portugal Eduardo Cardadeiro, espera que as outras televisões também “cooperem” nesse sentido.

Esta “cooperação” entre a televisão do Estado e o regulador do Estado para as telecomunicações não é surpreendente, mas é tardia. Também não me surpreendia se as televisões privadas alinhassem nesta verdadeira campanha de medo. Agora que o switch-off se aproxima e, na eminência de perderem telespectadores, os responsáveis pelos canais têm motivos para estar apreensivos.

As entidades responsáveis que pouco ou nada têm feito para acelerar a migração para a TDT, parecem pois apostadas num bombardeamento dos telespectadores para evitarem o adiamento do “apagão” a todo o custo. Tivessem feito o que deveria ter sido feito há muito tempo: informação atempada e de qualidade e aumento da oferta de canais (RTP Memória e RTP Informação e até mais porque há espaço) e a maioria dos portugueses já teria mudado para a TDT. Assim, o mais provável é que seja necessário adiar o apagão, como venho alertando há largos meses. Aliás a ANACOM reconheceu finalmente que o nível de migração para a TDT é muito baixo. Não é num mês que a situação se vai inverter.

Alguns já atiram as culpas para os “malandros” dos portugueses que deixam tudo para a última hora. Mas quem menos responsabilidades tem nesta trapalhada são os consumidores que têm sido enganados e diria mesmo roubados de uma oportunidade para se fazer um salto qualitativo e quantitativo na televisão portuguesa. Vergonha para todos os que colaboram com este estado de coisas.

Video da publicidade da ANACOM



Video de um dos vários spots de publicidade à TDT espanhola


Posts relacionados:
TDT: 2ª campanha publicitária arrancou hoje
TDT: 1ª Campanha de informação não traz novidades
Caos na TDT – Governo pondera adiar “apagão” analógico!
TDT é alvo de publicidade enganadora 

4 comentários:

Anónimo disse...

Eu acho que os canais generalistas (principalmente a SIC e a TVI,pois são operadores privados que dependem quase exclusivamente da publicidade para sobreviver)têm estado a fazer um jogo muito perigoso, pois a crescente migração para os serviços pagos (de televisão, neste caso)poderá ,também, levar a uma migração significativa de telespectadores dos 4 generalistas para os canais pagos (aliás, isso em parte já se verifica, pois nos últimos meses os canais pagos têm vindo a liderar em termos de audiências), tendo isto graves implicações em termos de receitas publicitárias, colocando em risco a viabilidade financeira dos operadores generalistas.
Posto isto, eu considero que se não for feita alguma coisa por parte das operadoras para mudar esta situação (ex: inclusão dos seus canais temáticos na TDT, pois alguns dos quais são os canais mais vistos nos serviços pagos-ex: SIC notícias), a televisão em sinal aberto, tal como existe hoje (para o melhor ou para o pior) poderá ter os dias contados.

Yagi disse...

É o que tenho escrito...as televisões estão a fazer um jogo arriscado. Até agora não têm feito outra coisa senão "empatar". Há espaço para mais 4 canais na TDT.

Anónimo disse...

boas Yagi , a nossa TDT é só uma frequência ? "canal", esta disponível mais espaço para alem de 8 canais por frequência ? , o que era para tv paga ainda esta disponível , já algum tempo tenho confusão entre mux e frequências é mesma coisa ou não ?

Yagi disse...

A nossa TDT só utiliza 1 Mux que é uma faixa de frequências ou canal radioelectrico. No continente utiliza-se o canal 56 (750-758Mhz). Dentro de um mux podem ser transmitidos vários canais de tv, rádio ou outro tipo, dependendo o número máximo do tipo, qualidade de emissão pretendida e parâmetros técnicos utilizados na emissão.

As licenças dos muxs da TDT paga foram canceladas por desistência da PTC.

Toda a informação já disponível no blogue.