segunda-feira, 29 de março de 2010

TDT: como melhorar o sinal

No verão de 2009 deixei aqui no Blog algumas dicas úteis para quem pretende receber o sinal da TDT. Neste post tentarei abordar, de uma forma o mais acessível possível, um requisito essencial para a recepção fiável da televisão digital terrestre: a margem de segurança.

Tal como já tive oportunidade de explicar aos leitores, o sinal digital é muito diferente do sinal analógico. Na televisão analógica, à medida que o nível de sinal baixa, apesar da qualidade de imagem piorar, continua a ser possível seguir a emissão até quase não haver sinal. Isto não se verifica nos sistemas digitais como a TDT.

Na TDT, existe um nível (limiar) de sinal mínimo, abaixo do qual a recepção falha por completo! Mas, acima desse limiar a qualidade de imagem é perfeita (vêr figura 1). Essa é uma das principais vantagens dos sistemas digitais, mas que induz em erro muitos telespectadores!

A melhor forma de assegurarmos uma recepção sem falhas passa por utilizar uma antena adequada (de banda larga), com ganho suficiente (ganho sem amplificação) e devidamente situada e orientada ao emissor de TDT que melhor serve a zona de residência. Atenção que o emissor mais próximo pode não ser aquele com melhor recepção!

O nível do sinal TDT deverá portanto estar sempre acima do referido limiar de recepção. Para que isso aconteça é essencial assegurar uma margem de segurança! É essa margem de segurança que vai evitar falhas na recepção da TDT quando as condições de propagação do sinal forem desfavoráveis ou, em caso de interferências no sinal. A pixelização, paragens ou cortes mais ou menos frequentes de imagem, são quase sempre um indicador de que o nível do sinal de antena está demasiado baixo. Quanto maior a margem de segurança melhor!

Acontece também que a generalidade dos equipamentos (televisores ou receptores de TDT) podem indicar um nível/qualidade de sinal alto (exemplo: qualidade 100%), quando de facto o sinal poderá ser apenas marginal, ou seja, a margem de segurança é muito pequena. Sem utilizar linguagem demasiado técnica, basta saber que isso se deve à forma como o sinal é “medido” pelo aparelho. Os indicadores de sinal dos televisores e receptores têm ainda outro importante “defeito”: são demasiado lentos a mostrar as variações de sinal. Isto limita muito a sua utilidade para orientar uma antena. Apenas instrumentos de medida profissionais (bastante caros) podem medir com fiabilidade o sinal de TDT.

Terminarei por agora, alertando para um erro frequente. Muitas pessoas, quando suspeitam que o sinal de antena é fraco, começam por instalar um amplificador de antena e, se isso não resolver o problema, trocam por um de ganho maior. Este é um dos erros mais frequentes em que caem inclusivamente alguns instaladores de antenas! Antes de recorrer a amplificadores de sinal (que em determinadas situações só agravam o problema) importa assegurar a compatibilidade da antena, o seu ganho adequado e a sua correcta localização e orientação. A antena é o melhor “amplificador”!

Posts relacionados:
TDT: problemas de recepção
TDT: Emissores e Mapas de cobertura

38 comentários:

joecurtis disse...

Boas,
excelente Post. Pena é que tenha que ser alguém por "Carolice" a explicar estas situações. Nem mesmo no fórum TDT da PT explicam nada. E até agora divulgação da TDT e questões pertinentes não passaram ainda para o grande público. Parece mesmo que lhes interessa que o pessoal chegue ao apagão sem ter TV... e até lá que vá aderindo aos "MEOS".
Abraço,
João

Yagi disse...

João,

Está à vista de todos. Só não vê quem não quer vêr...

A PT tem rédea solta para fazer o que quiser, como quiser e quando quiser.

E até afirmaram que estariam em condições de desligar o sinal analógico em Janeiro de 2011!

Abraço,
Yagi

Pedro Viana disse...

em termos de cobertura em Janeiro de 2011 até podem ter as condições para desligar o sinal analógico. mas só em termos de cobertura..

porque em tudo o resto, a começar pela divulgação, mesmo que começassem já, não têm condições nenhumas

ant / disse...

Que programa interessante. Irei investiga-lo pois certamente irá ajudar-me a optimizar a configuração de antenas que tenho aqui na zona da Guarda, sobretudo para conseguir captar na perfeição os muxes 66, 67 (no canal 35), 68 e 69 (no canal 38) da TDT Espanhola que começaram agora (com sinal muito fraco, mas por falta de orientação das antenas) a dar sinais de vida por estas bandas, ao mesmo tempo que o Peña de Francia terminou a emissão analógica há cerca de 24 horas, o que resultou aqui na zona em pessoas (que desconhecem a TDT) me perguntarem o que se passou com as TVE's.
Mas irá também ajudar a optimizar a recepção da (mais insignificante) TDT portuguesa, cujo o sinal é bastante instável, embora visível já com poucos problemas (entre 50 e 85% de sinal, com qualidade sempre na ordem dos 70% segundo o receptor)

Edgar disse...

Considerava-me uma pessoa bem informada até à uns dias atrás quando fui comprar uma TV nova. O senhor da loja queria-me vender uma TV 3 vezes mais cara porque a que eu queria levar não dava para "apanhar" a TDT. Nunca tinha ouvido falar de TDT até então.

Trouxe a TV mais barata, o dinheiro não é muito, e, surpresa das surpresas, não é que apanha TDT sem descodificador, apenas com uma antena interior, daquelas de 12€.

Enquanto a informação estiver nas mãos de pessoas que podem ganhar dinheiro com o MEO e afins ninguém vai ficar a saber.

Não precisei, mas se tivesse de ir à PT buscar um descodificador de certeza que estavam esgotados e sairia de lá com uma dezena de folhetos da MEO :|

Yagi disse...

Edgar,

É necessário estar muito atento na altura das compras, porque muitos funcionários das grandes superficies desconhecem as características dos aparelhos que estão à venda. Algumas marcas também nos dificultam a vida porque não informam nos produtos se o aparelho é compatível com a tdt portuguesa (MPEG-4), embora a situação esteja a melhorar.

Claro que, se houve-se divulgação, campanhas de informação, isso iria alertar o público para a TDT e iria "obrigar" as lojas a prestar melhor informação. Esse é um dos "males" da nossa TDT.

Quem beneficia com isto são as empresas de TV por cabo. Há uma em que telefonam ás pessoas dizendo que a televisão vai acabar e que para continuar a vêr os canais vai ser necessário aderir à tv por cabo! É verdade, isto aconteceu com familiares meus!

João disse...

oi!
sempre se viu bem televisao em analogico. acho uma perfeita idiotice passarem isto para digital. pois com a tdt muita gente vai ancher o bolso. contudo so querem por isto para digital porque causa dos "LCDs" e as tretas dos "full HDs" e tambem por outros paises tambem terem aderido á tdt. pois ta claro que o tuga tem que copiar sempre as coisas dos outros paises nao é claro? e a tdt nao seria excepçao. Mas tambem se dizem que na tdt da para ter mais canais, no analogico tambem da basta utilizar as ferquencias disponiveis. mas ta claro que existe varios retransmissores e estes utilizam varias frequencias ao longo de portugal continental. mas tinha soluçao. bastava que as frequencias fossem iguais em portugal inteiro. E tambem ja para nao falar na box que temos que acopular as televisoes nos nossos amigos CRT´s. mas tambem vos digo as televisoes crt sao capazes de durar 30 anos sem avarias coisa que os "vaidosos" lcd´s nao conseguem. pois hoje em dia tornamo-nos uma sociedade de consumo, ou seja fazem as coisas para durar pouco para nos inpinjir a comprar novos e aliás que tambem nao tenham reparaçao que assim será obvio a compra de um novo. Voltando á tdt. Só aderimos á tdt se quisermos nos nao somos obrigados a ter tdt. la por existir uma tecnologia nova nao quer dizer que a usemos. pois nao somos escravos da tecnologia.

Edgar disse...

Acho que a ideia não é entrarmos em diálogo aqui nos comentários do Blog mas esses argumentos parecem de quando a transmissão passou a ser a cores. Os televisores a preto e branco funcionavam perfeitamente e isso das cores serviam apenas para vender aparelhos.

A verdade é que os televisores CRT estão a deixar de ser produzidos, não para impingir os LCD e os full HD ao pequeno "tuga" mas porque produzir um CRT custa mais caro que um televisor de tubo catódico, o que se traduz no preço de venda.

Comprei um LCD apenas HD ready por 230€ que apanha TDT na perfeição (sem precisar dos 50~100€ do adaptador) apenas com ajuda de uma antena interior. A TDT vem por agora a 576i não é preciso full HD (acho eu).

Pedro Viana disse...

João

somos obrigados a aderir à tdt.
e não é porque os outros paises aderiram. em toda a união europeia as emissões analógicas de televisão vão acabar.

já tou a ver que por si não saiamos da televisão a preto e branco..

João disse...

a questao do fabrico dos crt´s é uma coisa. a questao de fabrico é outra completamente diferente. passo a explicar. se se comprar um lcd ele dura pouco mais que 5 anos, e já é dizer muito. um crt pode ser mais caro mas dura muito mais e alem disso ele tem arranjo. pois podemos substituir peça a peça. no lcd substitui-se por placa de componentes e sao mais caros que um lcd novo. e ainda, nas televisoes crt, algumas tinham um som espectacular pois possuiam subwoofer e medios e tinha potencia. nos lcds como sao tao "slims" nao têm espaço para ter essas colunas como "deve ser"

Yagi disse...

Caros amigos,

Peço que os vossos comentários não se afastem demasiado dos temas abordados nos posts a fim de enriquecer os mesmos - obrigado.

Yagi disse...

ANTENAS TIPO "RABO DE BACALHAU"

Caros leitores:
As antenas tipo "Rabo de bacalhau" ou Log-periódicas têm um poder de captação (ganho) baixo e por esse motivo são apropriadas apenas em situações onde o sinal é relativamente forte! Em zonas de sinal moderado a fraco devem utilizar-se antenas de ganho igual ou maior que 14dBi.

SudEx disse...

Eu com a minha Rabo de Bacalhau ora tenho 16 como 27 de Força de Sinal, caso agora mesmo.

Ontem por esta hora, de repente, fiquei com 16 de Força e para acabar de ver o Babel na TVi tive de ver em Analógico........ Será que andam a ligar mais antenas? É que nunca tive 27... mas também já não tinha 16 desde que meti o acrescento ao mastro.... Palpita-me é que o Calor deve estar a influenciar isto...

Yagi disse...

SudEx,

A força de sinal varia porque a propagação varia com as condições metereológicas. As antenas tipo "rabo de bacalhau" não são indicadas para receber sinais distantes e pouco potentes.

kikasalberto disse...

Carlos Henriques
residente em portalegre
instalei á pouco tempo uma antena digital terrestre, uma situação muito estranha deve se ao facto de que durante o dia o sinal TDT mante-se estável sem problemas, durante a noite o sinal vai oxilando até que fico sem sinal e só volto ater sinal no dia a seguir, tudo isto dá-se com o imissor de portalegre.
Obrigado

Yagi disse...

É normal haver oscilações no sinal tdt. Quem instala tem que salvaguardar essas variações. Se a instalação não foi bem feita podem surgir falhas ou até perder-se a emissão.

Consultar TDT: problemas de recepção

reis disse...

boas
eu gostava de ter televisoa espanhola em casa .. sou de sant maria da feira.. ha alguma maneira para a ter??
comprimentos

Yagi disse...

TDT espanhola em Sta Maria da Feira não deverá ser possível. Só muito ocasionalmente.

Carlos disse...

Viva:

Chamo-me Carlos e estou na zona de Águeda Sul com a antena direccionada para o emissor Águeda - zona Industrial.
"Instalei" recentemente uma antena e liguei directamente a uma tv com receptor para me orientar. Captado o sinal (pensava eu que era bom):
Intensidade: 68%
Qualidade: 99%.
Verifiquei então com uma TV Led LG e tive sensivelmente a mesma resposta. Fixei a antena.

Entretanto liguei o cabo da antena á caixa ati/ited (8saidas) e o sinal passou a 0%/0%.

Comprei um amplificador "nos chineses" 5,25€ e resolveu (pensava eu).

Uma semana depois tenho muitas falhas e quebras constantes embora esteja a ligar directo do amplificador ás duas tv's.

Como resolver esta situação?

Yagi disse...

O emissor de Águeda (Assequins) está a uma cota muito baixa, logo o sinal só chega a locais mais favoráveis. A responsabilidade não é dos técnicos que instalaram os emissores, é de quem planeou a rede. Como já comentei, a rede foi planeada com base em critérios economicistas. Ainda não há confirmação se a rede de emissores já está terminada ou não, por isso pode ainda haver a esperança de algum emissor que melhor a recepção nalgumas zonas de sombra. De qualquer forma haveria sempre algumas zonas de sombra por muitos emissores que fossem instalados.

@Carlos:
Os valores apresentados pelos seus aparelhos dizem pouco. Muito provávelmente recebe sinal fraco. Como explico no blogue, é necessário haver uma margem de sinal para ter recepção sem falhas. Se não está em zona de sombra recomendo melhorar o sistema de recepção (antena melhor, altura da antena, etc). Não recomendo amplificadores "Made in China".

Anónimo disse...

viva, tou a 700 metros do emissor de palmela e com uma antena interior tanto na minha casa como na casa de familiares com antena interior não apanho sinal nenhum 0%, entretanto na casa de outro familiar com antena exterior apanho bom sinal, ao fim ao cabo esta mudança por um lado é uma desgraça pois o sinal varia devido a certas situações e antenas interiores não captam sinal, simplesmente nao vejo grande vantagem... a n ser passar para cabo...a pagantes a um operador...

Miguel disse...

Mete uma antena exterior. Tirando certas zonas de interesse histórico, nunca ninguém afirmou que a TDT iria ser instalada para ser captada por antenas interiores em todo o lado.

Anónimo disse...

tb nc ninguem disse que o sinal iria ser mau,e que certas pessoas iriam que pagar balurdios por tv como se ve nas zonas mais isoladas!!! afinal o objectivo a certa altura n era retirar as antenas dos telhados ?!!!
Sei que temos de acompanhar a UE mas ok....... !!!!!

Miguel disse...

Não. O objectivo da TDT nunca foi acabar com as antenas nos telhados. Nem aqui nem em parte alguma do mundo.

Anónimo disse...

Bom dia,

Obrigado ao "mentor" deste blog pelas explicações, que nem os senhores da PT que são os unicos a ganhar com isto tudo, dão as explicações necessárias aos problemas das pessoas, põem uma linha gratuita para problemas e o que nos falam são pessoas que se baseiam naquilo que têm escrito nos computadores e não dão respostas adequadas ao tipo de problema, Então passo a descrever o meu preblema, ao verificar a cobertura na pagina oficial da TDT indica que na minha morada, "existe probabilidade reduzida de cobertura TDT" o que acontece é que como tenho tudo ligado a uma caixa ATI que distribui a TV pra todas as peças da casa não me convinha nada estar a colocar TDT complementar pois so garantem o sinal em 3 TVs e o custo é muito elevado, O mais engradçado nisto tudo é que tenho uma TV com sintonizador integrado e a TDT e com a orientação da antena para o emissor, funciona sem falhas, O meu problema é que tenho mais 2 TV que é necessário colocar descodificadores, e quando ligo o descodificador á TV não tenho sinal nenhum, Com é isto possível? se na mesma casa na mesma ficha para a TV com sintonizador integrado tenho TDT e ao ligar o descodificador (comercializado pela PT) não obtenho qualquer tipo de sinal, tereir de instalar novo amplificador para adquiri mais sinal? ou tenho de trocar de TV com sintonizador integrado?, Agradeço que me ajudem nesta situação.
Obrigado

Yagi disse...

Se na mesma tomada consegue receber TDT com um televisor com TDT integrada e não com um receptor TDT poderá ser ocasionado por menor sensibilidade do receptor TDT, avaria do receptor TDT ou algum problema nas ligações.

Nascimento disse...

Boas malta, tenho o seguinte problema na zona da tocha:possuo uma dat hd 45 com mrd, alimentação e amplificação de sinal. Inicialmente a antena estava orientada para a serra da boa viagem e à noite e fins de semana ficava sem sinal. Agora orientei para coimbra e melhorou bastante, só que acontece o seguinte, em 2 tv´s está tudo porreiro e numa o sinal oscila entre os 0% e os 96%, ou seja não dá nada!Alguém sabe o que possa ser? Ah! durante o dia não tem problema algum.
Obrigado

Yagi disse...

A resposta já foi dada em comentário anterior. Se vê bem numas tomadas e não noutras, o sinal nas tomadas em que não se vê bem pode estar a chegar em más condições, ou o equipamento a elas ligadas ser menos performante. Experimente trocar o equipamento da tomada onde não se recebe TDT.

pedro azevedo disse...

boa noite
tenho dois retransmissores mais ou menos á mesma distância da minha casa, e acontesse que por vezes fico alguns periodos sem apanhar sinal,e nesses periodos já exprimentei a virar a antena(que tem amplificador) para o outro retransmissor e fico a apanhar sinal e visse versa, a minha questão era se eu comprasse uma antena omnidiressional se ficaria com o meu problema resolvido

Yagi disse...

Possivelmente, mas com antena omnidireccional, só se o sinal na zona for forte. Caso contrário poderá utilizar-se duas antenas direccionais. Depende também do tipo de problema que causa a falha do sinal. Só fazendo a experiência no local.

Fátima Oliveira disse...

Olá!Vivo na zona de Pombal, Leiria. Tenho sérias dificuldades em ver televisão devido á oscilação constante entre os 0% e 50% da intensidade.Tenho a antena virada para a Figueira da foz e o meu aparelho custou 29€.Será que devo optar por comprar um aparelho mais caro ou virar a antena pra outro transmissor?agradeço muito a vossa breve resposta

Yagi disse...

O sinal poderá ser demasiado fraco. Certifique-se que antena é adequada. Verifique a instalação. Experimente orientar para outro emissor da zona (há vários).

Leonel Quaresma disse...

Sr.ª Fátima Oliveira, presumo que o repetidor instalado na zona da Figueira da Foz não seja o mais indicado, mas isso também depende da zona do concelho em que vive. Há um na zona de Pombal, talvez seja o mais indicado. Ainda a semana passada, pessoas residentes nalgumas freguesias mais a sul do concelho de Pombal se queixavam da fraca qualidade do serviço.

O meu problema é outro: Na entrada do sinal, é distribuído para 5 locais por intermédio de um splitter (penso que seja este o termo correcto). Nas duas divisões mais próximas (cozinha e sala), consigo visualizar televisão em perfeitas condições, com elevada qualidade e sem cortes, à medida que as divisões se afastam, começam os cortes, até que no quarto mais distante, na busca de canais não consegue detectar nenhum.
Quando o sinal era analógico, apenas notava uma ligeira falta de qualidade de imagem na divisão mais distante da entrada.

Como não percebo muito destes aparelhos, deixo algumas expecificações:
O splitter tem uma entrada e 5 saídas, nas saídas tem a inscrição (-8db) e tem uma referência (5-1000 MHz).

Agradecia que alguém me informasse como posso resolver o meu problema e desde já peço desculpa, se este não é o lacal indicado para colocar esta questão.

Cumprimentos a todos os leitores

Yagi disse...

Primeiro deve garantir-se que se recebe o melhor sinal possível, utilizando antena com ganho adequado e devidamente orientada. Só depois, se necessário, se deve utilizar amplificador de sinal para que chegue sinal suficiente a todas as tomadas. Como explico em outro post, é também necessário garantir a qualidade dos cabos, fichas, tomadas, etc.

Ana Silva disse...

Boa noite,

sei que ninguém comenta aqui a muito tempo mas tenho uma dúvida. sou de espinho e tenho a antena virada para a zona do porto. aquando a montagem da TDT não tinha problema de sinal ou era muito raro. agora tenho alturas do dia em que diz sinal insuficiente e tenho uma TV que mal dá. o facto é que tenho um vizinho a cerca de 100 m com 5 ou 6 antenas no telhado que foram instaladas depois de eu ter instalado a TDT. Acabei de ler isto num site:

Podem existir problemas devido a deficiente imunidade dos aparelhos recetores para sinais não desejados e podem ser afetados por sinais de rádio de outros emissores autorizados, tais como:
Os serviços de emergência;
Rádios de empresas privadas;
Radioamadores;
Rádios CB Banda do Cidadão;
Telefones celulares (telemoveis);
Detetores de radar

Será que isto é verdade? poderá o facto de o senhor ter tantas antenas estar a tirar-me a qualidade do sinal?

Agradeço uma resposta

Abraço

Ana Silva

Yagi disse...

O sinal TDT (como qualquer outro sinal de radiofrequência) é susceptível a interferências que podem afectar a sua recepção. Dada a distância, se alguma das antenas do seu vizinho é utilizada para emitir pode de facto dar-se o caso de causar perturbações no sinal TDT por si recebido. Antes de mais, recomendo se possível confirmar se os seus vizinhos mais próximos também têm problemas.

O problema de recepção do sinal TDT pode ter outras causas como explicado em: Falhas na recepção da TDT têm origens múltiplas

Anónimo disse...

Mesmo que o seu vizinho esteja a emitir e cause interferência isso não quer dizer necessariamente que o problema seja dele. Por vezes são utilizados erradamente amplificadores de sinal que não toleram sinais de frequências próximas e causam distorções na recepção. Há que rever a sua instalação e regular o ganho para o valor correcto. Um exemplo disto são as interferências causadas pelo 4G onde os operadores estão obviamente licenciados para emitir e mesmo assim causam interferências a quem não tem uma instalação correcta. A solução passa sempre pela correcção na recepção (por exemplo com filtros) e raramente na modificação do posto emissor licenciado.

Yagi disse...

«Mesmo que o seu vizinho esteja a emitir e cause interferência isso não quer dizer necessariamente que o problema seja dele.»

Correcto, e ninguém afirmou que ele seria o culpado. No entanto há situações em que os emissores podem transmitir fortes sinais "fora de banda", quer devido a deficiente filtragem ou avaria nos equipamentos emissores.

O alerta quanto à utilização correcta de amplificadores de sinal é feito no próprio post em questão.