terça-feira, 12 de maio de 2009

PTelecom “descuida” TDT paga nos testes de verificação de compatibilidade

No próprio dia em que a PTelecom divulgou a informação sobre o processo de verificação de compatibilidade de televisores e set-top box’s (receptores ou adaptadores), deixei aqui o alerta. Não há qualquer referência à necessidade da presença da CI (Common Interface) nos aparelhos para os mesmos obterem a certificação de compatibilidade.

O facto de não ser exigida a presença da CI nos televisores e receptores TDT para os mesmos obterem a certificação de compatibilidade com a TDT portuguesa terá como consequência inevitável que alguns dos equipamentos certificados não permitam a recepção da TDT paga, com lançamento aguardado para dentro de alguns meses. A recepção da TDT gratuita não será afectada.

Isto porque é a CI que permite dotar os aparelhos com o módulo de descodificação apropriado para ver os canais da futura tdt paga (alguns receptores já vêm preparados de raiz para um determinado sistema de codificação). Recorde-se que também não é ainda do conhecimento público qual o sistema de codificação a utilizar pelo serviço.

Nos televisores, como na altura expliquei, o problema não deverá ser grave, pois quase todos já vêm equipados com a CI. Mas, nos receptores que a não possuam, isso vai impossibilitar a sua utilização (legal) com a tdt paga. Há modelos de receptores TDT à venda em Portugal que não possuem a CI e não permitirão a sua utilização com a TDT paga!

Na minha opinião o logotipo de compatibilidade deveria fazer essa distinção ou alertar para esse facto. De contrário, os consumidores podem ser induzidos em erro porque, devido à presença do logotipo, julgam que estão a comprar algo 100% compatível, o que pode não ser o caso.

Quando o Meo DT for lançado, certamente que finalmente irão aparecer receptores a preços mais “atractivos”, ou sob a forma de aluguer, mas certamente também com a contrapartida de um contrato de fidelização de um ou dois anos, com aliás já acontece com o serviço satélite.

Do ponto de vista comercial, a PTelecom parece não ter interesse em garantir a compatibilidade de equipamentos fornecidos por outras empresas com a TDT paga, “talvez” porque ela própria será fornecedora desses equipamentos.

A própria adopção do MPEG-4 para além da tão apregoada economia de espectro radioeléctrico, dadas as condições (previsíveis) do mercado, permitirá colocar a PTelecom numa situação de quase monopólio como fornecedor dos receptores TDT, pelo menos a curto/médio prazo.

Parece-me pois, que estamos na presença de um caso nítido de conflito de interesses em que o consumidor menos informado, mais uma vez, poderá vir a ser prejudicado.

Actualização 13/05/2009:
Desde o inicio deste Blog tenho citado a Irlanda como um bom exemplo a seguir no que ao processo de introdução da TDT diz respeito. Na Irlanda o arranque oficial da TDT está previsto para este Outono. Desde Fevereiro de 2008 que estão divulgados os requisitos técnicos dos televisores e receptores TDT. No documento seguinte são claramente distinguidos os requisitos mínimos, os recomendados e os opcionais.

15 comentários:

gentil79 disse...

caro Yaggi: tem informado a Anacom e a PT sobre este descuido? e que resposta obteve? e a DECO? estive a navegar pelo site da Deco na semana passada, e finalmente eles tem uma página com dezenas de modelos de TV, aonde diz quais os que sao MPEG4 ou nao. uma informacao astante util, considerando que na internet, os grandes distribuidores de electrodomesticos quase nao fazem distincao entre aparelhos compativeis ou nao. mais uma Vez, em Portugal faz-se tudo em cima do joelho... e querem eles antecipar o switch-off para 2011? devem estar a sonhar... ou entao é a estrategia de marketing para apressar o consumidor a comprar receptores. a PT sabe que o cidadao portugues é dos que mais passa mais horas frente á televisao, por isso aposta forte em manipular o mercado.

Carlos Manta Oliveira disse...

Obrigado pelo seu Blog, percebi finalmente a diferença entre o MPEG4 e o MPEG2, e estou de olho no receptor STRONG Digital TV SRT 8010.

Este equipamento (no mercado por cerca de 100€) apregoa poder descodificar MPEG4 SD, mas totalmente omisso sobre HD ou agora esta questão muito relevante do CI (Common Interface). Isto torna a TDT realmente cada vez menos interessante.

Se me permite a ousadia, gostava de desafiá-lo a colocar neste Blog de quando em quando um review sobre equipamentos, por exemplo receptores de TDT.

Yagi disse...

Tenho optado por não fazer recomendações de equipamentos, por vários motivos.

Cabe a cada um decidir se o aparelho em questão satisfaz ou não as suas necessidades ou aspirações.

Aconselho sim a consultarem todas as características dos aparelhos no site do fabricante, para não comprar "gato por lebre".

O equipamento que refere recebe apenas canais SD (definição standard), não recebe HD. Também não tem conector HDMI nem slot CI.

Yagi disse...

Caro Gentil,

Não sei se reparou que coloquei aspas no descuida ;)

A PT não brinca em serviço. Não o posso afirmar, mas certamente foi uma decisão consciente não mencionar a Common Interface.

Essa informação da DECO se estiver correcta e actualizada é realmente útil. Pena é que, quando foram alertados muitos meses atrás, sobre o problema da compatibilidade MPEG-4 tenham ficado em silêncio. Quantos LCD's e Plasmas incompatíveis não foram comprados entretanto?...

smErK disse...

alguem tá com problemas na zona de lisboa? não consigo receber nenhum canal

Hélder disse...

smErK, apesar da linha de apoio dizer o contrário, há problemas em Lisboa e arredores. Há zonas com sinal muitissimo fraco e chegando à zona do Lumiar, o sinal desaparece de todo.

Yagi disse...

TDT em Lisboa:Atenção que a PT não informa, mas a cobertura divulgada deve contemplar apenas a recepção com antena exterior (no telhado). A recepção com antena interior ou portátil, por enquanto só deve ser possível em zonas muito favoráveis.

Vitor disse...

Já fiz várias tentativas para sintonizar o sinal de TDT aqui no Funchal, mas até ao momento não tenho consigo… adquiri do receptor Sigmatek DVB-500 HD que descodifica H.264 MPEG-4/AVC e gostaria de saber se este descodificar é compatível com a TDT portuguesa? A minha antena é a Metronic de 26db… consigo apanhar 39% do sinal mas não me aparece nenhum canal de Tv. Será q está mesmo em funcionamento a TDT do Funchal?

songohan disse...

O descodificador Strong e Mediatek são os que são vendidos nas Lojas da PT por 99 euros. (eu apanhei um mediatek mas já soube de muita gente que comprou esse strong... sorte a minha que aqui a recepção é muito fraca e acabei por receber de volta o dinheiro)
O descodificador com disco rígido é que não sei que marca é. Só tem um logotipo na frente a dizer Meo.

Popy disse...

Monte da Virgem não está a emitir? ontem a noite ainda estava a dar, hoje a tarde quando liguei , já não tinha sinal, e continuo ainda sem receber.

moro na Póvoa de Varzim

Popy disse...

Monte da Virgem a emitir de novo.

Yagi disse...

Songohan,

Em que loja PT e quando comprou o seu receptor?

A informação que eu tenho é que apenas estiveram à venda 2 receptores. Sem disco por 99€, com disco por 240€. Ambos da marca Sagem.

Popy disse...

e como vai ser quem usar o pc?
será que so vai ver tdt paga quem tiver a pen tmn 3g+tv?
e as outras pessoas que compraram outras placas que não as tmn 3g+tv ,ficam de mãos a abanar?

ou a tdt paga vai ser so para quem usar descodificador por hardware nas tv's da sala?

varias interrogações que provavelmente só terão resposta qnd a tdt paga for lançada.

mas se por acaso a tdt paga nao puder ser acedida legalmente atraves do pc, ja começo a ver a cena "underground" a trabalhar...

Yagi disse...

Para receber TDT paga (legal) no PC é necessário:

+Sintonizador (placa)
+Programa que suporte descoficação
+Interface (CI slot)
+CAM para o sistema de descodificação utilizado
+Cartão de acesso ao serviço de TV

Quanto à PEN TMN c/ TDT não faço ideia se será compatível com a TDT paga.

songohan disse...

Yagi comprei-o na loja da PT do forum almada. (e foi onde o entreguei de volta)