quarta-feira, 18 de abril de 2012

TDT - Terrestre ou Satélite?

A poucos dias do último “apagão” do sinal analógico de televisão, boa parte da população desconhece ainda como irá continuar a receber a RTP, SIC e TVI após o dia 26 de Abril. Existem ainda numerosas zonas do país onde o sinal da Televisão Digital Terrestre, ou não chega, ou chega em condições deficientes durante boa parte do tempo. De acordo com os dados de cobertura mais recentes e já publicados no blogue TDT em Portugal, em 60 Concelhos do país a cobertura terrestre é inferior a 70% da população e em 25 a cobertura é mesmo inferior a 50%. Como é sabido, parte da população terá que recorrer à recepção via satélite adquirindo o kit "TDT Complementar", destinado a colmatar a falta de cobertura terrestre. No entanto, apesar do recente aumento da comparticipação, receber a TDT portuguesa via satélite apresenta várias desvantagens, já abordadas no blogue TDT em Portugal.

Resultado da pressão das populações, a PT comprometeu-se recentemente a reforçar a cobertura terrestre nas sedes de Concelho com menor cobertura, sempre que haja viabilidade técnica e a complexidade do sistema o permita. Ainda segundo a mesma, este reforço será progressivo e deverá ocorrer até à data do Switch-off, ou seja, presume-se que até ao dia 26 de Abril. No entanto, apesar deste reforço, que irá aumentar a cobertura, no máximo, até 93% ou 94% da população, a TDT portuguesa apresenta ainda um nível de cobertura terrestre bem abaixo da de outros países (em Espanha é de 98,5% para os muxes públicos).

Como venho criticando desde há muito, o facto de a PT não divulgar os locais onde irá colocar emissores ou reforçar a cobertura, tem dificultado a tomada de decisão por parte dos consumidores e a gastos que nalguns casos mais tarde se vêm a revelar desnecessários. Desta forma, e uma vez que a TDT portuguesa apenas emite os mesmos canais da televisão analógica, muitos adiam a migração até aos últimos dias também na esperança que o sinal melhore. A motivação para a migração praticamente não existe e, como têm demonstrado os inquéritos (e era previsível), adiar tem sido a decisão da maioria dos consumidores, mesmo correndo o risco de se ficar sem televisão durante alguns dias. 

A situação é lamentável e caricata, pois a ANACOM gasta dinheiro em campanhas (últimatos) "apelando" à população para fazer a migração e no entanto, ANACOM e PT deixam a população "às escuras" relativamente à questão do reforço de sinal. Esta falta de informação beneficia a migração para a TDT ou a adesão às plataformas de televisão por subscrição? A televisão por subscrição, pois claro!

A título de exemplo, os casos dos Concelhos de Mira e Vagos, em pleno Litoral, mas zonas onde a cobertura terrestre é ainda deficiente. Segundo dados da PTC, o Concelho de Mira tem apenas 51% da população coberta pelo sinal terrestre. No Concelho de Vagos a situação é um pouco melhor mas, ainda assim, a cobertura é de apenas 64%. Não há qualquer impedimento técnico para que não se faça o reforço de sinal nestas zonas, reforço que pode ser implementado de diversas formas, podendo beneficiar inclusivamente muitas outras localidades da região consoante a opção adoptada. Neste momento, a uma semana do "apagão", desconhece-se se estas zonas serão ou não contempladas com um "prémio" da lotaria do reforço do sinal terrestre!



21/05/2012:
De acordo com os dados de cobertura mais recentes fornecidos pela PTC, o Concelho de Mira tem uma previsão de cobertura terrestre de apenas 23,1%! Os valores ficam bastante abaixo dos 51% divulgados em Fevereiro. Isto significa que muitos locais anteriormente dados como cobertos afinal não o são. Como tem sido divulgado no blogue TDT em Portugal, muitos habitantes perante a informação de estarem em zona coberta, gastaram dinheiro em receptores e antenas mas não conseguem receber o sinal com regularidade. E agora? Quem paga a despesa?

2/06/2012:
Como foi noticiado pelo blogue TDT em Portugal, a PT está a utilizar frequências alternativas na emissão da TDT. Em zonas com ausência ou deficiente cobertura pelo canal 56 poderá eventualmente ser possível receber através das novas frequências: C42 (Monte da Virgem), C46 (Lousã) ou C49 (Montejunto). Mas atenção, segundo a ANACOM estas emissões em frequências alternativas durarão apenas 6 meses. Mais informação aqui.

Posts relacionados:
TDT: Emissores e Mapas de cobertura
TDT: problemas de recepção, antenas, etc
TDT via satélite
Cobertura da TDT portuguesa por Concelho
Falta de cobertura atrasa migração para a TDT
TDT: linha de apoio desmente Anacom
TDT: falta de cobertura mobiliza freguesias

17 comentários:

André S disse...

Caro Yagi. Por intermédio de um conhecido, disseram-me que estariam a instalar um emissor na localidade da Tocha (atrás do Centro Rovisco Pais). Não sei até que ponto será verdadeiro, pois aqui na zona há pessoas que á noite não têm sinal.

Yagi disse...

Caro André,
Se se confirmar a instalação do emissor TDT na Tocha, é de facto boa noticia. Poderá resolver os problemas de recepção, não só na Tocha mas também em Mira e Vagos. Se entretanto obtiver confirmação ou mais informação sobre o emissor, agradeço a partilha.

t0nito disse...

Sever do Vouga precisa desesperadamente de um gap-filler!

Miguel disse...

Por outro lado, na aldeia de Serra de Santo António, concelho de Alcanena, há tanto sinal de vários emissores que não se consegue captar TDT de maneira alguma.

Anónimo disse...

Reforcem o sinal k vem de Espanha.

Andre S disse...

Yagi, vou tentar averiguar a situação. Como eu reportei foi um "diz que disse". Assim que tiver novidades, entrarei em contacto.

t0nito disse...

É impressão minha ou o bitrate da TDT baixou significativamente? A imagem parece ter muito menor qualidade e estou a notar "digital noise" que eu não tinha notado antes... Alguém confirma que a imagem está com menor qualidade?

Anónimo disse...

Freguesias de Valhelhas e Famalicão da Serra no Concelho da Guarda mesmo ás portas de uma capital de Distrito sem receção de TDT não existe mesmo sinal.Estas pessoas têm o mesmo direito dos que têm sinal.Já foram feitos enormes esforços para se conseguir cobertura e nada.Vamos todos reclamar, vamos entupir de reclamações os locais para o efeito.

Yagi disse...

Não dei conta de qualquer redução no bitrate dos canais. Mas após a entrada da ARTV não é de excluir essa possibilidade.

Anónimo disse...

Sou da zona de Vagos e confirmo a recepção muito deficiente, apesar do emissor mais próximo ficar apenas a 13km da minha casa. De dia temos sinal a 90%, de noite nada! Eu não percebo o motivo pelo qual ficamos de fora do mapa de cobertura, pois a zona é plana e de elevada densidade populacional.Por TV paga nem pensar! Tenho os aparelhos comprados, antena nova mas continua orientada para o sinal analógico. Se tiver de adquirir ao pack via satélite, que faço eu aos actuais receptores tdt e a antena? Quem me devolve os 200€ que gastei desnecessariamente? Enfim... desculpem-me o desabafo. Alguém sabe se existe alguma possibilidade técnica de receber a TDT espanhola nesta zona?

Yagi disse...

Receber a TDT Espanhola no Distrito de Aveiro, só de forma muito esporádica.

Anónimo disse...

De facto este e um grande marco histórico, é um grande marco hitórico onde não foi feito nada em condições, um grande marco histórico onde os portugueses foram roubados mais uma vez pelos superiores, um grande marco histórico que não trouxe mudança nenhuma, um grande marco histórico onde roubaram as reformas aos velhotes a instalar uma simples antena e um reles descodificador, um marco histórico onde a PT tinha de instalar 180 emissores e apenas instalou 173, deste modo muitas familias tiveram de comprar parabolica, mais lucros para a PT, um grande marco historico com altos custos para termos os mesmos 4 canais de sempre.

Miguel disse...

Se não têm cobertura terrestre em condições reclamem junto do vosso poder local. Até ver tem dado mais resultado do que reclamar para a PT, ANACOM OU DECO.

A Câmara de Alcoutim vai fazer um levantamento das zonas e da quantidade de munícipes que neste momento não têm acesso à TDT terrestre e vai enviá-lo para a PT e para a ANACOM. Se nada for feito por estas entidades para resolver o assunto, a Câmara vai tomar o assunto em mãos próprias. E avisa a ANACOM que, mesmo sem licença, aquelas pessoas não vão ficar sem televisão.

Este é único método que faz mexer os responsáveis, como já aconteceu em outras zonas do país.

Miguel disse...

Mais um exemplo: a Câmara de Manteigas é que teve de investir cerca de 20000€, para ter TDT no centro urbano! E está a estudar a possibilidade de entrar na justiça com um pedido de indemnização contra a PT por cada pessoa do concelho que não tem acesso à TDT.

Anónimo disse...

Estou completamente exausto com o funcionamento da TDT portuguesa. Na área onde vivo, hoje dia 31 de Maio de 2012 à 20,30 depois de haver deficiência na transmissão de imagem parada e sem som acontece passado minutos a grande bronca escrita "Sem sinal". Quando será que este país faça alguma coisa que seja de bom?Tenham é vergonha e comportem-se melhor nas vossas campanhas enganadoras.Ponham os olhos na TDT australiana com as dezenas de canais que eles ofereceram ao país!!!!!!

jgarrido disse...

JGARRIDO INTEGRA3D MURTOSA E é de ficar completamente exausto com o funcionamento da TDT portuguesa. Na área onde trabalho pois sou empresario em nome individual tecnico inscrito na anacom,e apos algumas reticencias entrei na de instalar equipamentos TDT parecia que funcionava como cartao de vizita para novos clientes mas pelo contrario, nos que ja eram meus clientes ja conecem a minha forma de trabalhar mas nos novos nao esta facil justificar o apagao de sinal digital nao tem dia nem hora a mais recente foi ontem dia 31 de Maio de 2012 depois de haver deficiência na transmissão de imagem parada e sem som acontece passado horas a grande bronca escrita "Sem sinal". Quando será que este país faça alguma coisa que seja de bom? é vergonha e comportem-se melhor nas vossas campanhas enganadoras.Ponham os olhos na TDT, e se esses cortes tem haver com intervençoes nos emissores por favor corram uma mensagem a informar os clientes. pois nós "instaladores" e falo por mim quando um cliente me liga com problemas na TDT, eu para dar uma resposta coerente pergunto a A+B visinos se estam a receber de forma a evitar deslocacoes entretanto levo com os clientes a desabafar que isto de TDT É UMA :::::

Anónimo disse...

Hoje, 01JUN12, continuo como sempre, com sinal fraquíssimo e com tempo sem sinal, e em Mira Coimbra no litoral onde seria pressuposto não haver problemas, dado não haver obstáculos naturais; imagino o interior!Tendo falado com várias pessoas em Mira, Vagos, Cantanhede e frguesias das referidos municípios o problema persiste. Engraçado que nem consigo telefone de apoio ao cliente para colocar problema. O que me deixa apreensivo é uma continuada oferta de serviços para tv cabo. Será que haja uma convenção informal entre técnicos da tdt e as firmas prestadoras de serviços a fim de os utentes perderem a cabeça e cansados do mau serviço da tdt optem pela comprar dos pacotes das tais firmas de cabos e parabólicas; A ser verdade, mediante investigação é caso de polícia por crime público e tribunal.