quarta-feira, 13 de julho de 2011

Impacto da TDT no negócio dos operadores de televisão

Assista a estes interessantes videos que levantam o véu sobre o negócio da televisão em Portugal e o que pensam as televisões (neste caso a SIC) a respeito da TDT. Os videos são de apresentações realizadas durante as Jornadas de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (JEEC) do Instituto Superior Técnico de Lisboa, que tiveram lugar em Março. A apresentação está a cargo de Francisco Balsemão da Impresa (SIC).

Chamo particular atenção para o segundo video que se foca na TDT. Neste video comprova-se a validade de muitos dos alertas, comentários e criticas que desde 2008 tenho feito no blogue TDT em Portugal:
  • os canais de televisão não têm interesse na TDT, por eles podia ficar tudo como está;
  • a TDT arrancou demasiado tarde;
  • o fim da televisão analógica interessa sobretudo aos operadores móveis;
  • esta TDT não traz grandes melhorias;
  • a oferta actual da TDT não cativa os consumidores, deveria emitir mais canais;
  • o pouco interesse da alta definição;
  • a alta definição, se for adoptada, não terá a qualidade máxima;
  • o impacto da necessidade de alteração das antenas não foi bem avaliado.

Video 1 (Publicidade)

Video 2 (TDT)

Video 3 (5º Canal)

Video 4 (Preço dos receptores)

As dificuldades para a implantação da TDT em Portugal são conhecidas. Infelizmente os políticos adiam a tomada de medidas que permitam colocar a TDT "nos eixos". Em vez de fazer algo pela TDT, a solução adoptada tem sido nada fazer e sugerir a adesão à televisão paga. É isso que subliminarmente se faz na actual publicidade e na "informação" que é distribuida pela ANACOM. Só quando não for possível adiar mais o problema e, se ainda restarem muitos telespectadores sem televisão por assinatura, os políticos irão tentar solucionar o problema. Até lá, M*O, Z*N, Cabo**são, e outros podem sorrir.

Posts relacionados:

2 comentários:

Helder disse...

Os Senhores do FMI têm rasão quando dizem que Portugal está cheio de lobies existem muitos interesses e basta alguém levantar a voz que todas as intenções caem por terra.
os canais de televisão queixam-se do mercado publicitário não permitir um 5ºcanal é lógico com as fortunas que pagam a certos apresentadores é lógico que nunca aprovariam essa ideia o ideal para alguns até era termos só 2 canais é uma vergonha como se complica uma coisa tão simples por isso mesmo o FMI tem rasão quando disse que em Portugal não há concorrência nem tão pouco o estado tem interesse que ela exista,a nossa TDT não irá passar disto 4 canais e nada mais.

Yagi disse...

Alguns dos videos em poucos dias multiplicaram por 5 o número de visualizações após divulgação no blogue.
É bom que todos assistam porque ajuda a entender em parte a TDT que temos.