segunda-feira, 22 de junho de 2009

TDT paga já tem luz verde

De acordo com a ANACOM, foram emitidos os títulos que conferem os direitos de utilização de frequências, para a oferta de serviços de radiodifusão televisiva digital terrestre (TDT), relativos aos Multiplexers B a F (MUX B a F). Os Multiplexers B,C, D, E e F serão utilizados na emissão da oferta paga da TDT (Meo DT).

Segundo o caderno de encargos, dos 5 Multiplexers, apenas o B e o C terão cobertura de âmbito nacional. Os Multiplexers D, E e F apenas poderão ser recebidos (pelo menos numa 1ª fase) em parte do litoral.

Recorde-se que em Abril, na sequência do atraso na concessão das licenças para a TDT paga, e do fracasso do concurso ao quinto canal de televisão generalista a PT afirmou que iria repensar o projecto. Então, o presidente executivo da PT, Zeinal Bava, comentou que, «após nove meses deste processo, passou muito tempo, há uma alteração de circunstâncias que temos de analisar». Aguardemos então para saber se haverá alterações em relação ao projecto inicial.

Notícias relacionadas:
PT vai "repensar" a TDT paga
PT autorizada a emitir a TDT a nível nacional

2 comentários:

t0nito disse...

Pois e "Muxes" para canais livres népias, parece que vamos mesmo só ter os 4 canais actuais livres. Enfim, uma tristeza... Por isso é que só vou usar tdt só mesmo quando for obrigado...

Eliseu disse...

Já somos dois.
Se fizermos pressão, ao NÃO subscrever um único canal pago, pode ser que a realidade mude. Nós temos o poder. É uma questão de oferta e procura. Se não houver procura eles terão que mudar a oferta.