quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

TDT Espanhola: novidades

A implantação da televisão digital terrestre na vizinha Espanha entrou na sua recta final. É já a partir de 10 de Março que entra em vigor a última fase do plano com vista ao desligamento de todas as emissões analógicas em 3 de Abril próximo. Desde 2008 que muitos emissores e retransmissores analógicos vêem sendo desligados, libertando frequências que serão em parte utilizadas para a introdução de novos canais na TDT.

A Alta definição é um dos beneficiários da libertação de frequências, mas também os canais autonómicos (regionais) e locais que há muito são uma realidade em Espanha. As emissões em HD vêm ganhando terreno, sobretudo através do serviço público, com o alargamento das emissões do Canal TVE HD a vários pontos do território, mas também através de alguns canais públicos de âmbito regional.

Mas, há também boas notícias para os portugueses que residem nas zonas fronteiriças, em particular os que têm acesso aos sinais que chegam a partir do centro emissor de Montanchez. Nos últimos dias, a empresa espanhola Abertis, procedeu à alteração da frequência de emissão do Mux 67 espanhol, para o canal 39 da banda de UHF, a fim de solucionar definitivamente o conflito de frequências entre Portugal e Espanha (o Mux A português emite também no canal 67). Segundo informação recebida, a recepção dos canais espanhóis através deste multiplex melhorou de forma notória. Como tinha anteriormente informado, os sinais deste centro emissor alcançam com relativa facilidade inúmeras localidades da Beira Baixa e do Alto e Baixo Alentejo.

Actualmente a TDT espanhola é recebida em mais de 80% dos lares espanhóis e contra com um elevado grau de satisfação por parte dos telespectadores (inclusivé portugueses). Neste momento é difícil fazer uma comparação de números com a TDT portuguesa, pois em Portugal ainda não há dados divulgados. A única informação disponível reclama uma cobertura de 80% da população, o que obviamente não significa que 80% da população receba efectivamente a TDT. O número de portugueses que recebem a nossa TDT deverá ser, aliás, bem baixo, dada a ausência de promoção, a reduzida oferta de programas e o preço ainda elevado dos equipamentos compatíveis (receptores) com a norma a utilizar em Portugal (é possível adquirir equipamentos para receber a TDT espanhola a partir de 20€). De seguida apresento alguns dados que demonstram a enorme disparidade entre a oferta da TDT espanhola e a portuguesa.

TDT Espanhola:
  • Mais de 25 canais de televisão de acesso gratuito (a oferta varia de região para região);

  • Canais regionais e locais;

  • Canais de rádio de acesso gratuito;

  • Canais em Alta definição;

  • Generalização das emissões em 16:9;

  • Utilização de dois canais áudio (Dobragem/VO) por alguns canais;

  • Canais pagos (Gol Televisión);

  • Serviços interactivos;

  • TDT por satélite.
TDT Portuguesa:

  • 4 Canais de televisão de acesso gratuito.

Notícias relacionadas:
Queixa de Portugal afecta recepção da TDT espanhola
Espanha: TDT paga arranca em MPEG-2
TDT Espanhola ganha terreno em Portugal
TDT DX: A Galiza aqui tão perto...

10 comentários:

Raul disse...

TDT espanhola por satelite? já é oficial?

Márcio Santos disse...

Mais um excelente post, TDT PORTUGUESA: KO!

E mais parece que a Euronews vai emitir da TDT Espanhola, excelente notícia, em Portugal (no comment), está tudo dito no post!

Yagi disse...

De acordo com um leitor, em breve o centro emissor de Montanchez vai proporcionar mais agradáveis novidades.

É que irão surgir mais 3 mux (todos abaixo do canal 60), um será da TVE onde irão surgir as emissões da TVE HD que, como informo no post, já emite em várias zonas de Espanha. Com o aguardado encerramento das emissões analógicas em Abril, tudo indica que em breve os novos mux possam arrancar também a partir deste emissor.

Yagi disse...

Raul,

Sim, há vários meses que é possivel receber a TDT espanhola via satélite. São as mesmas emissões que alimentam os emissores terrestres. Mas apenas é possível receber em zonas comprovadamente de sombra de sinal e com receptores especiais fornecidos a pedido.

t0nito disse...

Como sempre Portugal tem que estar sempre atrasado, não tenho dúvidas que quando houver o desligamento analógico vamos continuar apenas com os míseros 4 canais em 4:3, nenhuma rádio digital e mais de metade da população vai ficar sem televisão... Sempre a mesma coisa aqui na cauda da europa...

ant / disse...

Realmente, a nossa TDT vai de mal a pior. Ontem aqui na minha "zona" de testes onde eu recebo ocasionalmente o emissor da Guarda (dado ainda não ter conseguido reorientar a antena para lá devido ao constante mau tempo e estar à espera do apagão em Espanha e que o emissor do Mosteiro entre em funcionamento o que segundo me disseram está para breve) estava com esperança que o canal 7 HD emitisse o Festival da Canção tal como a RTP1HD na meo / zon, dado que é uma coisa portuguesa de algum interesse. Qual quê? Sem emissão!
A RTP2 ontem estava a emitir em 16:9 como ocasionalmente, mas nem o meu receptor Sigmatek, nem a minha placa AVer TV Volar reconheciam o sinal como 16:9 mas sim 4:3 letterboxed!
Hoje de manhã estava a fazer um zapping pelos 8 canais espanhois que também recebo (4 Tve, 2 Extremadura e 2 cyl) onde já é frequente encontrar emissões em 16:9 puro (tanto a box como a placa detectam e mostram o sinal correctamente) e não é que para meu espanto encontrei o canal 24 horas, um canal de notícias a emitir em 16:9?
Enquanto que os nossos vizinhos castelhanos já estão mais que prontos para desligar o analógico - nas TVE's em analógico já passa em rodapé um aviso que entre 4 de Março e 3 de Abril aqueles canais só emitirão na TDT - nós por cá estamos ainda no buraco!
Por falar em Nós por Cá, sugiro o envio de um mail / carta para este programa para debater o tema da TDT portuguesa, comparando-a com as congéneres europeias.

4throck disse...

Em Espanha de facto o 16:9 é a norma, mas a mudança de formato corresponde ao fim do analógico. Penso que por cá talvez suceda o mesmo lá para 2012... Vamos ver se na sequência do festival começamos a ter mais programas em widescreen, pois esse é o caminho certo.

Quanto ao letterbox da RTP de facto a flag do formato não está a passar para o sinal digital. Isto é, o PALPlus "abre" a imagem nos LCD em analógico, mas em digital não. O problema é que para a TDT não devia sequer de ir esse sinal mutilado mas sim o 16:9 anamórfico original...
Isto só mostra que se considera ainda a TV analógica como a norma, ignorando que existe a TDT...

Yagi disse...

A TDT não está sub-aproveitada apenas relativamente ao 16:9. Por exemplo, a RTP utiliza apenas a Onda Média para transmitir audio descrição quando na TDT poderiam utilizar um canal audio para o efeito.

JAMMER disse...

Primeiras emissões HD em DVB-T2 em Espanha

O sistema DVB-T2 (Digital Video Broadcasting - Terrestrial 2) é o novo padrão europeu para a transmissão de televisão digital terrestre, criado pela organização europeia DVB


fonte:**w.pp.com.pt/article.php?a=1354

Yagi disse...

JAMMER,
Sim iniciaram-se algumas emissões DVB-T2 em alguns (poucos) países. Em Espanha as emissões DVB-T2 ainda são experimentais. As emissões DVB-T irão manter-se por vários anos.