sábado, 16 de julho de 2016

RTP3 e RTP Memória na TDT em Setembro (actualizado)

A RTP3 e a RTP Memória ficarão disponíveis na TDT antes do final de Setembro, garante o Governo. Os canais de interesse público, até aqui exclusivos dos operadores de televisão por subscrição, ficarão finalmente disponíveis para todos os residentes em Portugal.

RTP3 + RTP Memória na TDT

A chegada à TDT acontece após uma longa luta iniciada em 2009 pelo blogue TDT em Portugal. 

Apesar da petição pública, cartas aos responsáveis governamentais, movimento para abordagem do assunto no programa "A Voz do Cidadão" e insistentes criticas e denúncias neste blogue, os fortes interesses económicos impediram que os canais da RTP ficassem disponíveis para todos os cidadãos mais cedo. A luta foi longa, dura e com sacrifício pessoal, mas valeu a pena! O feedback que fui recebendo dos leitores e de alguns políticos que se interessaram pela causa da TDT, foram um incentivo para não desistir de lutar. Os resultados foram surgindo, primeiro com a disponibilização da audiodescrição pela RTP e agora finalmente com a chegada da RTP3 e da RTP Memória.

Para além da RTP3 e da RTP Memória, a TDT poderá vir a contar com mais dois canais de operadores privados no Mux A, após concurso público. Mais uma vez as rádios parecem ter sido esquecidas.

É pouco, muito pouco e chega muito tarde. A TDT portuguesa continua a ter uma das menores ofertas de canais. Como inúmeras vezes referi (aqui e em consultas públicas), em Portugal não houve dividendo digital para a população. E deixo já aqui uma sugestão ao Governo: caso não haja interessados para os dois canais privados, utilizar o espectro para a RTP1 HD. Será possível emitir a RTP1 HD reduzindo o bitrate da RTP1 SD (uma vez que há a versão HD do mesmo canal) e do Canal Parlamento, como aliás já sugeri.

Para receber os novos canais RTP3 e a RTP Memória deverá fazer-se uma pesquisa de canais nos equipamentos de recepção, televisores ou receptores TDT.

28/09/2016:
A ANACOM aprovou, a 22/09, o sentido provável de decisão sobre a alteração das condições associadas ao direito de utilização de frequências (DUF) atribuído à MEO para o serviço de TDT. A determinações do Governo relativas às reservas de capacidade no MUX A e aos preços aplicáveis ao serviço de transporte e difusão do sinal de TDT, implicam a alteração das condições associadas ao DUF, que está em consulta até ao dia 21/10.

29/09/2016:
Segundo o presidente do CA da RTP, as emissões da RTP3 e da RTP Memória arrancam a 1 de Dezembro. Francisco Pedro Balsemão (SIC) afirmou que as duas operadoras privadas estão a estudar as várias hipóteses de contestar a decisão. Não há vergonha...

15/11/2016: RTP3 e RTP Memória já disponíveis no MUX A!
Os canais RTP3 e RTP Memória já foram adicionados ao MUX da TDT (posição 6 e 7). De momento apenas é exibido o logotipo do canal e a informação "Brevemente nesta posição". Espera-se que as emissões fiquem disponíveis no dia 1 de Dezembro, como anunciado. Para encontrar os novos canais é necessário efectuar uma pesquisa de canais.

25/11/2016:
O anúncio estático foi substituído por clips promocionais à RTP 3 e RTP Memória nos respectivos canais. Para receber os novos canais poderá bastar seleccionar a posição 6 (RTP 3) ou 7 (RTP Memória). Em determinados equipamentos e situações será necessário efectuar uma pesquisa de canais. A pesquisa deverá ser preferencialmente manual, na mesma frequência utilizada para receber os restantes canais.

Posts relacionados:
TDT, Politica e Democracia
Conferência “Televisão Digital Terrestre: uma solução urgente”
Petição TDT
Documentação TDT
TDT: Blogue TDT em Portugal apelou ao Governo 
Futuro da TDT - contribributo Blogue TDT em Portugal (doc PDF) 
TDT: MAP e ERC decidem novos canais
TDT Portuguesa esquece os invisuais

26 comentários:

Plágio-Viriato disse...

Parabéns pelo trabalho desenvolvido o qual acompanhei e me inspirei para a defesa da TDT.

CMatomic disse...

Agora deveremos ver , se a RTP ira informar as pessoas, como fazer para aceder aos novos canais temáticos da RTP , pois como é habito nas estações nacionais no que toca a TDT , da-se a noticia e silencia-se ate ao próximo problema com a TDT .
Na era analógica muita gente ainda se lembra dos anúncios por parte das estações nacionais dos novos emissores ou retransmissores , hoje em dia nada se fala,nada se informa as pessoas a melhor forma de sintonizar os canais que emitem na TDT .
E quando não há informação as pessoas ficam mais subjetiveis as propostas dos operadores de telecomunicações com serviços de televisão .
O espaço ocupado pelo canal ARTV , quando canal estivesse sem emissão,poderia-se ter um canal informativo técnico de como sintonizar melhor o acesso aos canais nacionais via TDT , bem como anúncios de mudanças na rede TDT , e assim ajudava mais as pessoas a entender melhor a plataforma TDT .
Mas sem informação técnica leva as pessoas desistirem de uma plataforma ou ate mesmo a não a conhecer ,isso aconteceu com plataforma DAB grande parte das pessoas nunca ouviu falar tal coisa e nem sabe que existiu radio digital em Portugal , o resultado foi a RTP desistir da DAB , mas foi por sua própria culpa , pois não soube informaR as pessoas a existência dessa plataforma .

Anónimo disse...

se a cmtv concorrer e a zic e tvi tambem quiserem entrar na tdt com mais um canal o melhor e abrirem 3 vagas. o hd vai surgir mais cedo ou mais tarde quer se queira ou nao.

Anónimo disse...

Parabéns pelo trabalho desenvolvido.
No entanto não concordo com o seguinte:
- não acredito que não apareçam candidatos aos 2 canais disponíveis. Há cada vez mais privados no mercado: CMTV, Abola, PortoCanal, etc.
- se isso acontecer parece-me errado duplicar os canais da RTP1. Mais vale colocar canais regionais ou internacionais livres que existem na parabólica.
- reduzir o bitrate da RTP1. Grande parte das pessoas que usam a tdt não têm tvs HD, pelo que só podem ver no canal normal da RTP1. Se lhe tiram qualidade lá se vai umas das vantagens da tdt que é a qualidade.

Netshark disse...

Mudou a cor política e mesmo assim, só quase 1 ano depois é que a diminuição de simpatias do governo pelos interesses instalados, irá talvez fazer-se sentir.
Da PT não espero reacção, senão um enfiar da carapuça.
Já da sic e da tvi, tinham prometido processos judiciais de presente, se isto fosse para a frente...vamos ver se continuam no monopólio e vão cumprir as promessas.

Anónimo disse...

Finalmente... Parabéns!

Anónimo disse...

muitos parabéns, sempre acompanhei este blog e a tua luta pela defesa da TDT em Portugal.

Yagi disse...

"O espaço ocupado pelo canal ARTV , quando canal estivesse sem emissão,poderia-se ter um canal informativo técnico de como sintonizar melhor o acesso aos canais nacionais via TDT , bem como anúncios de mudanças na rede TDT , e assim ajudava mais as pessoas a entender melhor a plataforma TDT."

@CMatomic:
Quase ninguém vê a ARTV, de pouco serviria. Os novos canais são da RTP, a RTP deverá divulgar (pelo menos) nos canais generalistas que os canais estão disponíveis na TDT e como sintonizá-los. Se divulgam (ou publicitam) a disponibilidade da RTP1 HD nos operadores de TV por subscrição também devem divulgar os novos canais na TDT. E acredito que o irão fazer.

Yagi disse...

"Da PT não espero reacção, senão um enfiar da carapuça.
Já da sic e da tvi, tinham prometido processos judiciais de presente".


A opinião pública está sensibilizada para o assunto e è maioritariamente a favor da RTP3 e da RTP Memória na TDT. Quem insistir em colocar grãos na engrenagem pagará o preço. Não há fundamentação para processos judiciais por parte dos monopolistas privados.

Yagi disse...

"Mais vale colocar canais regionais ou internacionais livres que existem na parabólica"

Não é tão simples. Os canais teriam que dar autorização e poderiam surgir questões legais.

"Grande parte das pessoas que usam a tdt não têm tvs HD, pelo que só podem ver no canal normal da RTP1."

Abordei esta questão em diversas ocasiões:
Para assistir a um canal emitido em HD não é obrigatório que a TV seja HD. A imagem dos canais HD é convertida para SD (definição standard) quando o televisor não é HD. O que é necessário é que o televisor ou receptor TDT seja compatível com emissões HD. A maioria dos receptores TDT suporta emissões HD embora haja alguns que não. Aliás, eu alertei a ANACOM para essa situação.

A minha sugestão permitiria ganhar um canal HD sem ser necessário aguardar pela chegada de um novo MUX. Ninguém perdia a RTP1 e quem quisesse teria também a RTP1 em HD. De qualquer forma provavelmente a SIC e a TVI iriam reclamar dessa situação.

Aguardemos pelo concurso. Se a procura exceder o espaço disponível no MUX A é provável que se "abra" um novo MUX B.

Anónimo disse...

olá Yagi,
Com excepção da entrada rtp 3 e memória, permita-me que discorde desta decisão. Esta decisão reflete simplementes a porcaria de políticos que nos faliram e ainda não tiveram o pingo de vergonha para nos dizer.
A unica decisao que se deveria ser tomada aqui era retirar licença de exploração da tdt a meo
e disponibilizar 2 ou 3 mux para exploração da tdt.
O que estou ver aqui é que no final deste processo os portugueses vou ver a taxa audiovisual mais caras e vão ter 3 canais de informação a juntar ao mais do mesmo. Viva a política Portuguesa!

Yagi disse...

Este ano a CAV já subiu mais 20 cêntimos, para 2,85€/mês. Com mais canais ou menos canais públicos na TDT, a CAV sobe sempre. O problema do serviço público é o mesmo de sempre: má gestão.

Retirar a licença de exploração à MEO? E dá-la a quem? Não é rentável, ninguém está interessado. A MEO tem muitas culpas no que se passou mas não é a única culpada. Os dois Governos anteriores permitiram a sabotagem da TDT ao ponto da quase extinção da televisão em sinal aberto.

No concurso para os dois canais privados o Governo certamente (espero) vai privilegiar canais temáticos que tragam variedade de conteúdos e não mais 2 canais de notícias. Se conseguir-mos manter 8 canais até 2023 já não seria mau de todo. É triste mas são os empresários e políticos que temos.

Anónimo disse...

Bom dia.
Vivo nos açores e onde resido tenho de orientar antena para outra ilha para ter acesso ao sinal, de Verão é impossível ter sinal com qualidade o que me fez mudar para um operador. Realmente a falta de qualidade de sinal fez com que muitos desistissem.
Continuação do optimo trabalho.

Anónimo disse...

e falta 1 semana para acabar Setembro... :(

Yagi disse...

A alteração do direito de utilização de frequências está em consulta até 21/10. Já não vai acontecer em Setembro...

Yagi disse...

As emissões da RTP3 e da RTP Memória arrancam a 1 de Dezembro. Se ninguém conseguir meter mais areia na engrenagem, isto é.

Yagi disse...

A rádio portuguesa ficou mais pobre. R.I.P. Jaime Fernandes.

Anónimo disse...

Obrigado pelo seu contributo e pelo esforço que desenvolveu ao longo deste tempo em informar quem tem interesse neste assunto.

Anónimo disse...

Será que vamos ter RTP 3 e RTP Memória na TDT em Dezembro? Estou a vê-los completamente obcecados com o orçamento e com as respostas da oposição...

Anónimo disse...

Caro Yagi
Acha que vamos ter mesmo ter a RTP 3 e a RTP Memória na TDT a partir de 1 de Dezembro?

A SIC e a TVI ameaçam avançar para tribunais contra o governo e a RTP, para tentar travar a entrada dos canais da RTP na TDT. Sabemos bem que podem atrasar a entrada dos canais da RTP que pode durar alguns meses ou até anos, os processes nos tribunais..

Óscar disse...

Boa tarde. Quero relatar que hoje, dia 15 de Novembro de 2016, dei conta de que a RTP3 e a RTP Memória foram adicionadas ao espectro (à falta de melhor palavra) da TDT, como prometido pelo governo. Os dois canais ainda não emitem, mas está já disponível o EPG (programação). Concluo dizendo que testei com dois receptores TDT diferentes (ambos da I-Joy), com sucesso.

P.S.: Ainda bem que, por fim, o estado chega-se à frente! A TDT vai ficar melhor, mas a luta não acaba por aqui.

Yagi disse...

Confirmado: RTP3 + RTP Memória já estão no MUX-A. Por enquanto apenas o anúncio da disponibilização para breve.

Filipe disse...

Muitos parabéns ao blog TDT Portugal por toda a sua luta ao longo de todos estes anos.

Sou um de muitos portugueses que só tem acesso à TDT.

Finalmente poderemos ter acesso à RTP 3 e à RTP Memória.

Foi duro e difícil mas valeu a pena :)

Muitos parabéns mais uma vez! :)

Netshark disse...

"Francisco Pedro Balsemão (SIC) afirmou que as duas operadoras privadas estão a estudar as várias hipóteses de contestar a decisão. Não há vergonha.."
Um dos responsáveis principais por esta fraude toda. O melhor negocio é aquele que não tem concorrência, e a RTP3 podia ate estar a passar vacas a fazer um monte de estrume 24/7, porque mesmo assim ofendia os interesses instalados, já que roubava audiências aos largos intervalos de publicidade dos privados (especialmente os da tvi)
Mas de uma pessoa que se juntou ao lobby de media a fazer pressão para extorquir/expulsar a google dos media europeus....já nada me surpreende. É menino para lançar uma matilha de advogados puro sangue, para conseguirem uma providencia cautelar daqui a uns meses, já que o monopólio não tem limites e o governo está a mexer no queijo dele.

De qualquer forma yagi, parabéns pela cobertura e trabalho feito este ano todo, foi um parto difícil, mas parece que esta montanha vai dar um rato no dia da restauração.

Anónimo disse...

Já está no ar RTP 3 e RTP memória. Ficamos todos a ganhar. Parabéns yagi e a todos nos. Ganhámos todos!

Anónimo disse...

Ola a toda equipa do novo canal TDT. Bem haja a todos.
Gostava de fazer algumas sugestoes: Seria possivel transmitir ao fim de semana o Acontece. No meu ponto de vista, trata-se de um programa cultural que incentiva o leitor estar atento a leitura, a escrita e as diferentes areas.
Aproveito a oportunidade para sugerir os desenhos animados: Heide, Pedro, Abelha Maia, Vicking, O Sitio do Picapau Amarelo, os Marretas...E series comicas que antes transmitia no canal 2: Britiscom...Adorava. Concertos de musica classica...
Felicidades a toda equipa da RTP.
Boas Festas e boas entradas.

Antonia